ÔĽŅ Senado argentino rejeita projeto para descriminalizar o aborto - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Senado argentino rejeita projeto para descriminalizar o aborto

Senado argentino rejeita projeto para descriminalizar o aborto

Matéria publicada em 9 de agosto de 2018, 07:38 horas

 


O projeto recebeu 31 votos a favor, 38 contra e duas absten√ß√Ķes, de um total de 72 cadeiras (houve uma aus√™ncia). (cr√©dito AB)

Buenos Aires –¬†O Senado da Argentina decidiu, na madrugada desta quinta-feira (9), vetar o projeto de lei que pretendia descriminalizar o aborto at√© a 14¬™ semana de gesta√ß√£o.¬†Embora o texto da Lei de Interrup√ß√£o Volunt√°ria da Gravidez tivesse sido aprovado no dia 14 de junho pela C√Ęmara dos Deputados, n√£o passou agora pela √ļltima e definitiva fase parlamentar. O projeto recebeu 31 votos a favor, 38 contra e duas absten√ß√Ķes, de um total de 72 cadeiras (houve uma aus√™ncia).

A medida, que visava a descriminalizar qualquer aborto at√© a 14¬™ semana de gesta√ß√£o – e n√£o apenas nos casos atuais de estupro ou perigo de sa√ļde da m√£e -, gerou fortes divis√Ķes tanto dentro do governo quanto na oposi√ß√£o, por isso um final incerto foi antecipado, em um debate que durou cerca de 16 horas. Por ter sido finalmente rejeitada, a iniciativa n√£o poder√° ser apresentada novamente para avalia√ß√£o parlamentar at√© o pr√≥ximo ano.

Um coment√°rio

  1. Na boa, com tantos métodos anticonceptivos e tantas outras possibilidades para rejeitar um filho legalmente, não consigo compreender essa questão, vida é vida, se tivesse que tirar a vida de alguém teria que ser de alguém que não se enquadra na sociedade e não apenas um inocente que sequer têm a oportunidade de fazer algo de bom pelo mundo. Legalizar o aborto não é só desumano é monstruoso e pior ainda para quem o comete. Em nossa era nenhuma argumentação é válida para que essa prática se torne comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document