quarta-feira, 27 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Tóquio tem mais um dia com número sem precedentes de novas infecções

Tóquio tem mais um dia com número sem precedentes de novas infecções

Matéria publicada em 27 de março de 2020, 07:41 horas

 


Tóquio vive mais um dia sem pico de crescimento do coronavírus (crédito AB)

Japão – O governo metropolitano de Tóquio confirmou a ocorrência de 47 novos casos de infecção pelo coronavírus, registrando outra alta sem precedentes em um dia.

Funcionários do governo fizeram o anúncio em entrevista nessa quinta-feira (26).

Eles disseram que as rotas de infecção permanecem desconhecidas em 24 casos, ou seja, cerca da metade das novas ocorrências.

A capital do país registrou no dia anterior, quarta-feira (25), a cifra de 41 casos em um único dia.

Estrangeiros

O governo japonês decidiu não permitir a entrada de estrangeiros que tenham estado em 21 países europeus e no Irã.

Na primeira reunião de uma força-tarefa especial sobre medidas contra o novo coronavírus, ontem, o governo decidiu adotar medidas adicionais para fortalecer o controle das fronteiras.

Segundo a decisão, estrangeiros que tenham estado em 21 países europeus, incluindo Itália, Espanha e Alemanha, bem como no Irã, não terão permissão para entrar no país a partir da meia-noite desta sexta-feira.

A reunião foi presidida pelo primeiro-ministro Shinzo Abe. Ele disse que o governo central vai trabalhar com os governos locais de forma bem mais estreita, a fim de ampliar os esforços de combate ao coronavírus.

A força-tarefa também decidiu solicitar a todas as pessoas que entram no país, incluindo as de nacionalidade japonesa, procedentes de sete países do Sudeste Asiático, incluindo Indonésia, Singapura e Tailândia, bem como de 11 países do Oriente Médio, incluindo Israel e Catar, a permanecerem duas semanas em locais devidamente designados e não usarem transporte público no Japão.

A medida vai ser implementada a partir da meia-noite de sábado (28) até o fim de abril.

A força-tarefa também pretende prorrogar, até o fim de abril, o prazo  do período de duas semanas de quarentena para visitantes da China e Coreia do Sul, incluindo pessoas de nacionalidade japonesa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document