quarta-feira, 1 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Alunos de escolas municipais de Resende visitam a XVIII Bienal do Livro, no Rio de Janeiro

Alunos de escolas municipais de Resende visitam a XVIII Bienal do Livro, no Rio de Janeiro

Matéria publicada em 1 de setembro de 2017, 15:48 horas

 


Cinquenta estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e 150 profissionais da educação participam da visita

Resende/Rio –  Grandes ou de bolso, históricos ou fictícios, técnicos ou para relaxar. Não importa. Os livros sempre vão proporcionar experiências incríveis, além de mais conhecimento para quem os lê. Para incentivar a leitura, nos próximos dias 2 (sábado) e 5 (terça-feira), 50 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e 150 profissionais da educação que atuam na Rede Municipal de Ensino, vão visitar a Bienal Internacional do Livro aberta nesta quinta-feira, dia 31, no Rio de Janeiro, e que segue até o próximo dia 10 de setembro, no Riocentro.

A visita dos estudantes e educadores à feira, que conta com diversas atrações como café literário e lançamentos, entre muitas outras atividades, está sendo proporcionada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação. O objetivo, segundo a secretária Rosa Frech é favorecer o contato dos estudantes com os livros, além de proporcionar a eles a oportunidade de participar de atividades que promovam a leitura, além de debates e encontros com autores. Os alunos pertencem as escolas Noel de Carvalho, Professor Carlinhos, Moacir Coelho da Silveira, Júlio Verne e Surubi, além dos Cieps 489 Augusto de Carvalho e 342 Geraldo da Cunha Rodrigues.

Já com relação aos professores, destaca a secretária, a visita à bienal contribui com o trabalho pedagógico desenvolvido nas escolas, abrindo novas possibilidades para que os educadores possam trabalhar a literatura no ambiente escolar.

– Não tenho dúvidas de que os frutos dessa aula-passeio à bienal vai contribuir para o exercício da cidadania nas escolas, modificando o conceito social, ampliando a visão de mundo e fazendo com que o ato de aprender seja ainda mais prazeroso e transponha os muros da escola – disse a secretária, lembrando que a leitura favorece o acesso às informações, possibilita o desenvolvimento da imaginação e da criatividade e enriquece o vocabulário dos estudantes, motivo pelo qual uma criança deve ser estimulada desde cedo a ter contato com os livros.

18ª edição

A Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que chega este ano à sua décima oitava edição, é o maior evento literário do país, um encontro que tem o livro como astro principal. A quantidade de atrações da feira, que não para de crescer, tem garantido o sucesso de público.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document