terça-feira, 17 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Atrações do Rock in Rio vão leiloar guitarras, palhetas e outros itens em prol da Amazônia

Atrações do Rock in Rio vão leiloar guitarras, palhetas e outros itens em prol da Amazônia

Matéria publicada em 11 de setembro de 2019, 07:00 horas

 


Ação é promovida em parceria com startup de impacto social; Todo o valor será destinado à reflorestação

No próximo dia 27 tem início mais uma edição do Rock in Rio, que traz para a cidade maravilhosa diversos shows nacionais e internacionais. A organização do evento, em parceria com a plataforma de impacto social, eSolidar, está promovendo o Fans for Change – leilão por mundo melhor. O objetivo da iniciativa é leiloar itens assinados por artistas nacionais e internacionais, que participam do evento e arrecadar fundos para o Amazonia Live, projeto socioambiental do Rock in Rio.
Entre os artigos disponíveis estão a pele da bateria e as palhetas assinadas pelo Foo Figthers; e guitarras autografadas pelas bandas Goo Goo Dolls, Red Hot Chili Peppers, P!nk, Nile Rodgers e Paralamas do Sucesso.
Além disso, os fãs de Nickelback, Imagine Dragons, Helloween e Black Eyed Peas contam com a experiência de acompanhar presencialmente a assinatura de suas guitarras, além de conhece-los e tirar uma foto com os ídolos, nos chamados Meet and Greet.
Os interessados em participar dos leilões precisam estar atentos às datas. Aos que preferem os Meet and Greet, os lances terminam no dia 22 de setembro. Para quem quer arrematar algum item dos artistas da primeira semana de show no festival têm até o dia 2 de outubro e aos da segunda semana têm até o dia 10 de outubro. Os lances mínimos partem de R$ 500,00 a R$ 1.000,00, dependendo do item, e devem ser feito no link.
Já para os que não puderem participar dos leilões, também é possível contribuir por meio dos pacotes de donativos disponíveis para a plantação desde 1 a 100 novas arvores.
Todo o valor angariado será destinado será destinado ao Amazônia Live, projeto socioambiental do Rock in Rio, que desde 2016 já plantou mais de 3 milhões de árvores e tem uma ambiciosa meta de restaurar 28 mil hectares na Amazônia até 2023. Isso só será possível, por meio de doações do público e parcerias com entidades de importância mundial, como o projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia gerido pela Conservação Internacional.
Com o projeto Amazônia Live o Rock in Rio e seus parceiros dão a oportunidade a agricultores dão a oportunidade a agricultores familiares e comunidades indígenas de gerarem renda e permanecerem nas suas aldeias de origem.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Nos últimos 20 anos, esta é a menor taxa de focos de incêndios na Amazônia. Porém só agora Midia, “artistas” e até o Papa se preocuparam rsrsrs. E ainda acham ruim as pessoas que defendem essa corja, quando são chamados de idiotas úteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document