segunda-feira, 30 de março de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Blocos carnavalescos começam hoje a animar os foliões em Angra dos Reis

Blocos carnavalescos começam hoje a animar os foliões em Angra dos Reis

Matéria publicada em 3 de fevereiro de 2016, 10:00 horas

 


Blocos de rua: Expectativa da Fundação Cultural de Angra é que mais de 30 mil pessoas participem dos desfiles

Blocos de rua: Expectativa da Fundação Cultural de Angra é que mais de 30 mil pessoas participem dos desfiles

Angra dos Reis  – Oficialmente o Carnaval começa somente na sexta-feira, dia 5, mas em Angra a folia é antecipada. A programação da festa de Momo começa nesta quarta-feira, dia 3, e terá sete dias de duração. De quarta à terça-feira o folião que estiver no município poderá pular o Carnaval em sua mais pura essência: os blocos de rua.
Durante os dias de folia, 43 blocos desfilarão pelas ruas do município, tanto no Centro quanto nos bairros. A expectativa da Fundação Cultural de Angra (Cultuar), é que mais de 30 mil pessoas participem dos desfiles. A prefeitura, por meio da Cultuar, montou uma estrutura com banheiros químicos, apoio operacional e operadores de trânsito para garantir segurança e conforto dos foliões.

A programação começa hoje, às 18h, com o bloco Somos Todos Alice Duddy, na Praça Zumbi dos Palmares, no Centro, que faz uma homenagem à já falecida Dona Mary Alice Duddy, inglesa radicada no município, ativista dos movimentos sociais e grande liderança comunitária do Monte Castelo. No mesmo dia será a vez do Bloco dos Artistas tomar conta das ruas do Centro da cidade com seu campeonato de fantasias, saudando o carnaval com as clássicas marchinhas.

Na quinta-feira, dia 4, o destaque é o Bloco Nega Maluca, que arrasta uma multidão de “negas” ao som de músicas tradicionais de Carnaval. A grande brincadeira é tentar identificar amigos fantasiados neste irreverente bloco. Na sequência, da Rua do Cruzeiro, sai o Assombrosos, que tem como marca registrada os grandes bonecos de papel marchê, confeccionado pelos talentosos irmãos Valente, Felipe e Gustavo.

Na sexta-feira, dia 5, o destaque é do Bloco da Imprensa, que esse ano traz como homenagem duas personalidades da Ilha da Gipóía: O Seu Luis Rosa e o Boni, criador da Procissão Marítima. No sábado, dia 6, além dos blocos Tô à Tôa, Unidos da Portelinha, Acadêmicos da Caravela, Bloco do Encruzo, Bloco da Malhação, Ki Merda é Essa e da Urubuzada, será também o dia do Desfile do Reizinho Mirim, que homenageia os super-heróis.

Já no domingo, dia 7, a programação conta com o Bloco do Bonfim, Pé na Jaca, Unidos da Paz, Marit’samba, Chamego Unido, Jaqueira e Night Boys Folia. Este dia ainda contará com o mais antigo e tradicional bloco de Angra dos Reis, o Bloco do Reizinho, que homenageia o Rei do Baião, Luiz Gonzaga e o animado e eletrizante JacuEletríco, na Jacuecanga, sacudindo os foliões do Village.

Na segunda-feira, dia 8, o axé music toma conta do Centro de Angra. Será o dia de um dos mais aguardados blocos: o Conexão Bahia, que costuma arrastar milhares de foliões pelas ruas do Centro. No mesmo dia desfilam As Piranhas do Peres, Unidos do Camorim, Unidos da Jacuecanga, Uns e Outros Ladeira Abaixo, Jardim Balneário, Vai quem Quer, Bloco da Carioca e o Chamego Unido.

Encerrando a programação, na terça-feira, dia 9, é o dia de todos os foliões se despedirem do Carnaval seguindo para o Camorim, rumo ao Bloco das Piranhas, que arrasta milhares de foliões. Ainda na terça, desfilarão Mocidade Unida do Tatu, Unidos da Porteira, Vai Quem Quer, Galera do Rock e encerrando a folia, 0h, o tradicional Quarta Sem Lei.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    O Povinho tem o governo que merece. Angra esta uma bagunça, violência para todos os lados, até intevenção do BOPE já aconteceu na cidade, prefeita acusada de vários desvios, desemprego nas maiores empresas da região, e o POVO se preocupando unicamente com o carnaval kkkkkkkk. Na hora de ir para rua lutar por seus direitos ou contra corrupção, preferem curtir uma praia kkkkkkkk. Esse povo tem é que comer capim mesmo.

Untitled Document