>
domingo, 26 de junho de 2022 - 03:52 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Cantor Mandu de Volta Redonda está com um novo trabalho musical

Cantor Mandu de Volta Redonda está com um novo trabalho musical

Matéria publicada em 20 de maio de 2022, 16:36 horas

 


Mandu busca trazer amplitude e uma visão muito própria à Nova Música Popular Brasileira – Foto Divulgação.

Volta Redonda- O artista de Volta Redonda, Mandu, ou simplesmente Anderson Almeida, para os velhos conhecidos, está de volta com um novo trabalho, destacando a sua paixão pelo Folk Rock dos anos 70.

Apesar de ter tido uma banda de Pop Rock ainda na adolescência, o cantor e compositor volta-redondense, iniciou a sua carreira como músico profissional no início de 2018. Desde então, lançou uma série de canções e clipes inspirados em grandes artistas nacionais e internacionais.

Mandu busca trazer amplitude e uma visão muito própria à Nova Música Popular Brasileira, se inspirando em nomes como Neil Young, Gilberto Gil, Beatles e Clube da Esquina.

Com o nome de MARAMBAIA, a próxima música de trabalho de Mandu é profundamente inspirada no Folk Rock dos anos 70, e convida os ouvintes a embarcarem numa jornada em busca do amor e da liberdade.

O novo clipe do cantor foi inspirado em momentos de liberdade e encontros inusitados que o artista teve ao longo de sua trajetória. O clima praiano, que mistura fantasia e diversão, é fruto da sintonia entre Mandu e a protagonista Olívia Kalicinski.

A direção ficou por conta de Lucas Mendonça e o argumento é de Paulo Monteiro. Olívia, Paulo e Mandu são amigos há mais de dez anos e a ideia do clipe veio de uma conversa despretensiosa.

Da introdução marcante aos refrões enérgicos e com ar de fantasia, o novo single reflete a capacidade que Mandu conquistou de se inspirar em suas maiores referências sem perder a personalidade. A timbragem e os arranjos cuidadosamente desenhados, revelam o primeiro fruto da conexão entre Mandu e grandes artistas da cidade de Niterói.

MARAMBAIA apresenta Augusto Feres na Guitarra, ELKHOURI na Bateria, Gilber T no Baixo, Felipe Ferreira na Percussão e Bruno Marcus, da Tomba Records, na co-produção, engenharia de som e mixagem. A master é assinada por Pedro Garcia.

Rico em naturalidade e elementos simbólicos, o novo trabalho é o reencontro de Mandu com a sua mais pura essência, ao mesmo tempo que prepara o público para uma série de lançamentos programados para 2022.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document