quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 10:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Clube Municipal se transforma em Centro Cultural e é reinaugurado neste sábado

Clube Municipal se transforma em Centro Cultural e é reinaugurado neste sábado

Matéria publicada em 9 de dezembro de 2016, 07:45 horas

 


Casarão passou por reforma; reabertura do Salão Nobre terá apresentação do Projeto Dança e Magia e da OSBM

Barra Mansa – Um dos mais tradicionais clubes recreativos da região está de volta e repaginado. É o Clube Municipal de Barra Mansa que será reinaugurado neste sábado, dia 10, a partir das 19h, com status de Centro Cultural. O espaço foi reformado e na reabertura do espaço contará com a apresentação do Projeto Dança e Magia, além da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa (OSBM).

O presidente do clube, o ex-deputado estadual Ademir Melo, falou um pouco sobre essa retomada do Clube Municipal.

– O Clube Municipal é parte da história de Barra Mansa. Lutamos muito até aqui para reformar o casarão. Transformando o clube numa Casa de Cultura, com teatro, museu e atividades artísticas, daremos uma grande contribuição para recuperar a história e resgatar a memória – destacou Melo.

O diretor de Cultura do clube, o jornalista Marcus Modesto, comentou a proposta de tornar o antigo espaço em Centro Cultural e sobre a apresentação deste sábado.

– Queremos reunir arte e música num só evento para mostrar qual será nossa atuação no cenário cultural de Barra Mansa. O projeto Dança e Magia completa 10 anos e a Orquestra de Barra Mansa é uma das  mais respeitadas do país, nada mais justo que reunirmos dois grandes projetos para marcar a reinauguração do casarão – afirmou.

Modesto ainda lembrou que a partir de janeiro o clube será a “casa” do Dança e Magia e da OSBM. No local eles farão ensaios e apresentações.

– Será um grande passo para fortalecer o movimento artístico e cultural de Barra Mansa – opinou.

As apresentações deste sábado acontecem em duas sessões. A primeira, às 19h, contará com a presença apenas de familiares e convidados, já a segunda, marcada para as 20h, será aberta a toda comunidade.

O ingresso é um litro de leite e deve ser trocado pelos convites na secretaria do clube. Os alimentos arrecadados serão doados a uma entidade filantrópica. O Clube Municipal fica localizado na Rua Juiz Antônio Ciani, n º 91, no Centro de Barra Mansa (próximo ao Jardim das Preguiças).

Revitalização: Trabalhos de recuperação foram feitos em toda a estrutura do clube (Fotos: Divulgação)

Revitalização: Trabalhos de recuperação foram feitos em toda a estrutura do clube (Fotos: Divulgação)

Cultura e Lazer: Clube Municipal ganhou novos ares e agora será Centro Cultural em Barra Mansa

Cultura e Lazer: Clube Municipal ganhou novos ares e agora será Centro Cultural em Barra Mansa

Galeria de Exposições e Centro de Memória

O Clube Municipal contará também com uma galeria de exposições e um centro de memórias multimídia, através do projeto “Doe Memórias”. De acordo com o diretor de Cultura, Marcus Modesto, o objetivo é resgatar a história do clube.

– É uma história muito rica. Sãos mais de 150 anos de um prédio que agora é patrimônio histórico e foi palco de muitas histórias da cidade – disse Modesto, lembrando que o prédio é tombado pela Lei Municipal 2504/2016 do vereador Luiz Antônio Cardoso, após um pedido dele próprio e da Academia Barramansense de História (ABH).

– O clube foi importante no passado e será um dos pilares para a transformação cultural, artística e literária de Barra Mansa – comentou o presidente da ABH, Nikson Salem.

Para resgatar um pouco dessa história, Modesto contou que está desenvolvendo um projeto de entrevistas em vídeo com personagens que fizeram parte da história do clube, como ex-funcionários, antigos sócios e frequentadores. O material fará parte do acervo do clube.

Durante as obras e escavações vários objetos antigos foram encontrados nas dependências do Municipal. Segundo o diretor, entre eles estão desde cravos (pregos) do século XIX, ladrilhos, pisos originais, cronômetro de piscina, luminárias, roletas do clube até madeiras.

– Daqui a 100 anos esse acervo terá mais de 250 anos. Essa será a nossa contribuição cultural para Barra Mansa e esperamos que os jovens de hoje abracem o futuro e venham participar da vida cultural do clube para fazermos uma sucessão – afirmou Modesto.

Para finalizar, o diretor pediu que antigos sócios, ou quem possuir fotos e carteirinhas antigas; arquivos de jornais de época; peças, brindes, ou qualquer objeto, como canecas, pode fazer uma doação oficial ao projeto Doe Memórias para contribuir ainda mais com a história do espaço e também de Barra Mansa.

História: Durante as escavações vários objetos antigos foram encontrados como cravos (pregos) do século XIX

História: Durante as escavações vários objetos antigos foram encontrados como cravos (pregos) do século XIX


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. maneiríssimo, muito importante essa preservação, quantas histórias esse clube tem pra contar, quantos bailes, festas não teve aí ??? VR tem 62 anos e esse casarão 150 !!! só um comparativo

  2. Que maravilha!
    E o prédio da biblioteca e Estação que o atual governo não cuidou e são patrimônios tombados?
    Sem palavras

Untitled Document