terça-feira, 7 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Confira o conto desta terça-feira

Confira o conto desta terça-feira

Matéria publicada em 3 de março de 2015, 06:31 horas

 


Biquínis e sungas

Alexandre Correa Lima

(Especial para o DIÁRIO DO VALE)

 www.alexandrecorrealima.com

eu@alexandrecorrealima.com

 

– Cachorro!

– Onde?

– Aqui do meu lado: você!

– Eu?

– Não se faz de desentendido que eu te peguei olhando pra bunda daquela morena.

– Que bunda?

– Como que bunda Gustavo? Não sabe mais o que é bunda? Bunda, traseiro, poupança, derriere, porpeta…

– Não seja vulgar Patrícia.

– Ah tá senhor elegância, vou ser bastante educada: posso saber por que o nobre senhor estava olhando a arrebitada região glútea daquela senhorita vadia e desclassificada aspirante a periguete?

– Pra falar a verdade, estava fazendo uma pesquisa de mercado.

– Pesquisa do que? De qual tem o traseiro maior, seu cachorro?

– Não, de marcas de biquíni. Pra saber qual marca vende mais na praia…

– Ah tá! Ainda bem que me explicou. E posso saber por que um dentista como você teria interesse na participação de mercado das marcas de biquíni das praias de Búzios?

– Só pra passar o tempo, distrair…

– É… Imagino que seja uma distração bastante excitante mesmo. Tudo bem, Doutor Ibope. Quais as marcas preferidas então?

– 22% são da Cia Marítima, 19% são da Rosa Chá, 13% da Cantão…

– Uau Gustavo. Vejo que virou um especialista em biquínis. Acho que já está na hora de parar de analisar bocas e começar a analisar bundas mesmo. Aliás, eu gostei da brincadeira. Você teve uma excelente ideia.

– Aonde você vai?

– Fazer uma pesquisa de mercado sobre sungas.

– Nem ouse fazer uma baixaria dessas.

– Chumbo trocado não dói, meu bem.

– O que você tava fazendo agachada na frente daquele cara, o que foi aquilo?

– Estava pesquisando qual a marca da sunga dele.

– Ah é, e qual era a marca?

– A marca? Puxa, esqueci…

– Como você é leviana. Foi lá só para olhar a perna dele, ou coisa pior…

– Olha Gustavo, olhei tudo bem de perto e posso garantir que não tem nada “pior” por lá…

– Você é mesmo muito baixa. Sinto-me envergonhado.

– Devia ficar envergonhado é de trazer sua noiva pra praia e ficar secando o traseiro das outras.

– Já disse que era uma pesquisa!

– Entendi, e você escolheu pesquisar justamente os biquínis, Gustavo? Porque não pesquisou as marcas de cerveja, quantas ondas quebram por minuto ou o quanto a sua pança cresceu nos últimos 2 anos?

– Tenho pança, mas não tenho celulite.

– Não tem celulite e a partir de gora não tem noiva também. Fui !

– Para de neurose amor, volta.

– Aproveita a abundância de biquínis e termina sua pesquisa de mercado. E nunca mais apareça com essa cara de bunda na minha frente!


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document