>
domingo, 22 de maio de 2022 - 05:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / ‘Constelações’

‘Constelações’

Matéria publicada em 31 de julho de 2015, 08:00 horas

 


Marcelo Nami faz show gratuito hoje, às 20h30, no Sesc Barra Mansa; apresentação mescla composições de seus dois álbuns e também algumas novidades que farão parte de seu primeiro DVD

capa (1)

Violonista e compositor: Nami interpreta pérolas da música brasileira e traz ao público um pouco das culturas estrangeiras agregadas a seu trabalho
(Foto: Divulgação)

Após o lançamento do CD “De Volta”, o músico Marcelo Nami, violonista e compositor natural de Barra do Piraí e que atualmente reside no exterior, apresenta seu novo espetáculo “Constelações”, hoje (31), às 20h30, no Sesc Barra Mansa, com entrada franca. O show mescla composições de seus dois álbuns e também algumas novidades que farão parte de um novo projeto – seu primeiro DVD, que tem lançamento previsto para dezembro de 2015.
Com experiência internacional, tendo gravado discos e DVDs, além da bagagem de vários anos atuando como músico acompanhante no estúdio e no palco com Diogo Nogueira, Martinho da Vila, Daniela Mercury, Chico Buarque, Hamilton de Holanda, Ivan Lins e muitos outros grandes mestres da MPB e da música internacional – como Yoni Rechter (Israel), Jorge Glem (Venezuela) e Timna Brauer (Áustria) -, Marcelo funde com virtuosismo e sofisticada técnica original (o uso da dedeira modificada) estilos brasileiros como samba, choro e baião com o merengue venezuelano, adicionando pitadas da música oriental, pop e flamenca.
O repertório inclui “O ovo da mosca” (homenagem de Marcelo ao mestre Jacob do Bandolim), “Liberdade” (baião veloz e suingado que abre espaço a improvisações – Marcelo imita ao violão instrumentos de Escolas de Samba, cria impressionantes efeitos percussivos no instrumento e agrega elementos da música do Oriente Médio), “Brinquedo de Vento”, faixa-título de seu primeiro CD e Rumores do Norte, misto de harmonia brasileira com acentuado toque flamenco.
Nami interpreta pérolas da música brasileira e traz ao público verde-amarelo um pouco das culturas estrangeiras agregadas a seu trabalho. Desliguem seus celulares, smartphones, refestelem-se na poltrona do teatro e preparem-se para uma inesquecível viagem musical!
– Marcelo Nami, para mim, é simplesmente um fenômeno, eu diria até que é inacreditável. Sim, foi esta a impressão que tive ao vê-lo tocando pela primeira vez: incrível. A música flui em sua alma com a suavidade angelical de anjos dedilhando suas liras. Suas composições são de sublime inspiração e tecnicamente perfeitas. Digo, sem medo de errar, que é um dos melhores e mais completos músicos do mundo. Técnica e sentimento unidos em perfeita harmonia. Ouvi-lo tocando suas obras ou recriando outras canções é algo extasiante, um presente para nossas almas. Confesso que às vezes me pergunto se ele, realmente, existe…Bem, aqui no site deixo a dúvida: será que Marcelo Nami existe, será que tanto talento cabe em uma pessoa só? Depois de curtirem o som dele, certamente dirão que sim, cabe! – declarou Alceu Maia.
Músico Rildo Hora também elogiou a musicalidade de Marcelo.
– Tive o prazer de conhecer e ouvir Marcelo Nami na Cia dos Técnicos, no Rio de Janeiro. Não foi difícil perceber que eu estava diante de um músico diferenciado. Virtuosismo, sensibilidade e bom gosto harmônico credenciam Marcelo Nami a ser um músico de carreira brilhante – falou Rildo Hora.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document