sábado, 15 de maio de 2021 - 21:16 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Fazenda da Posse vai ser reinaugurada em Barra Mansa

Fazenda da Posse vai ser reinaugurada em Barra Mansa

Matéria publicada em 27 de setembro de 2017, 20:00 horas

 


Sede da fazenda passou por reforma e vira sede do Centro de Memória e Documentação

Barra Mansa – Marco histórico do município de Barra Mansa, a sede da Fazenda da Posse teve sua construção concluída em 1768. O patrimônio que completará 250 anos no próximo ano, não passava por uma reforma geral desde sua reconstrução em 1999. Em parceria com o Sistema Firjan, por meio do Sesi-BM e com a colaboração da Fundação Cultura Barra Mansa, a Fazenda da Posse passou por uma reforma durante um período de três meses.

O patrimônio, que será sede do Cedoc (Centro de Documentação e Memória de Barra Mansa), será entregue pelo prefeito Rodrigo Drable no próximo sábado (30), às 17h. Durante quatro dias, o local abrigará um Festival de Cerveja Artesanal com dezenas de produtores artesanais, fazendo parte da programação do aniversário de Barra Mansa.

O prefeito conta que essa reforma é de extrema importância para a preservação da memória barramansense. “O marco inicial da nossa cidade merecia um cuidado como esse. A parceria com o Sesi é fundamental para a manutenção da estrutura e dos equipamentos do prédio. Com a recuperação da Fazenda da Posse, a memória da cidade está preservada de forma ampla, principalmente as obras raras, após a instalação do Centro de Documentação e Memória vinculado ao setor de Patrimônio da Fundação Cultura Barra Mansa”, afirmou o prefeito.

O coordenador do setor de Patrimônio da FCBM (Fundação Cultura Barra Mansa), Nikson Salem, explica que a reforma da Fazenda da Posse se fez necessária devido ao desgaste. “Portas, janelas e telhados foram recuperados, nova pintura foi feita em toda sua estrutura. É essencial preservar nossos patrimônios. Eles representam a história do município, mas também a nossa própria história. Quando se fala em Fazenda da Posse, por exemplo, a atenção deve ser ainda maior, pois é a primeira edificação do município, foi ali que tudo começou”, afirmou o coordenador.

O superintendente da Fundação Cultura, Marcelo Bravo, destaca a importância da preservação e restauração da Fazenda da Posse.

– A reconstrução do patrimônio cultural da cidade tem que ser empreendido um esforço tremendo. Em uma situação com pouco ou quase nenhum recurso financeiro para execução de uma obra, é necessário a busca de parceiros de várias fontes. Para a Fazenda da Posse, a fundamental parceria com o SESI, possibilitou uma dinâmica muito célere e objetiva para concluir uma obra em um local que não se via uma manutenção em sua estrutura há exatos 17 anos – concluiu o superintendente.

Pronta: Fazenda abrigará um Festival de Cerveja Artesanal que fará parte da programação do aniversário de Barra Mansa (Foto: Arquivo)

Pronta: Fazenda abrigará um Festival de Cerveja Artesanal que fará parte da programação do aniversário de Barra Mansa (Foto: Arquivo)

Século XVIII

A casa sede tem características arquitetônicas que remetem às construções de engenho de açúcar do século XVIII. Joia o estilo colonial brasileiro (com influência do barroco europeu), esse prédio de linhas singelas, mas profundamente expressivas, caracteriza-se por apresentar elementos originais. Telhas tipo “coxeira”, pau a pique nas alvenarias tanto externas como internas do primeiro piso com a estrutura aparente, além de janelas “fora do prumo” do andar superior, fazem parte das características do patrimônio.

Além da reforma de portas e janelas e nova pintura externa e interna, foi realizada manutenção da parte elétrica e reforma e pintura do telhado. Serão diversas salas dedicadas a espaços como galerias de arte, exposições, auditório para apresentações e palestras, além de um acervo com mais de vinte mil documentos especializados em arte e história da cidade.

A solenidade de entrega da Fazenda da Posse faz parte do pacote de obras e inaugurações que serão realizadas na semana do aniversário da cidade.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Um lugar distante do Centro e que foi referência com boas exposições de artistas de fora e região. Agora se transforma em um Centro de Documentação Histórica. Quem vai voltar sempre para ver a mesma coisa? Pelo amor de Deus! Cidade retrocesso. Ficar fazendo festivais para ter público? Ninguém vai entrar.
    E a cor das janelas? Alguém pesquisou sobre?

  2. Avatar

    Bando de porcos otários.

  3. Avatar
    Liberdade e propriedade

    Quando essa fazenda foi construído, ainda era município de Resende.

  4. Avatar

    VR sempre teve vida própria, antes de ser um distrito de BM já era um povoado como BM, depois foi anexado a BM ok, só que Sávio Gama era fechamento com Getulio e este sempre vinha a VR na fazenda Retiro, pertecente ao Sávio, na varanda da casa sede da fazenda ele via o paraíba a a parte plana da fazenda Santa Cecília … daí surgiu o interesse de construir uma siderírgica ali … BM pegou essa onda de crescimento mas os emacipadores acordaram a tempo, já era pra ter sido desmembrada de BM na década de 40.

    Enfim, parabéns a BM pela linda sede da Fazenda da Posse, temos que valorizar nossa história.

  5. Avatar
    الفتح - الوغد

    O limite do distrito de Volta Redonda ia até as margens do Rio Barra Mansa. Os barramansuínos depois empurraram para as margens Córrego Ponte Alta… O mesmo fizeram recentemente com o distrito de Floriano, que englobava os bairros da margem esquerda do Rio Bananal, mas depois colocaram os limites lá pros confins de Pombal, imagino que para evitar um maior prejuízo em caso de emancipação ou anexação a Porto Real…

    • Avatar

      Cala sua boca seu mala sem alça, se não fosse por Barra Mansa, vocês não teriam nem a CSN. Olha o exemplo de Resende, que ficou com a MAN, mesmo estando “dentro” de Porto Real.

Untitled Document