Juventude de Angra dos Reis debate o papel do funk na cultura

by Diário do Vale

Angra dos Reis – A Coordenadoria da Juventude da Prefeitura de Angra dos Reis promove nesta quarta-feira, dia 11, às 19h30, na Praça do Porto, Centro, um debate sobre a importância do funk enquanto movimento cultural. Entre as presenças confirmadas está MC Marcelly, de sucessos como “Bigode grosso”, “Não se brinca com mulher” e “Amor perfeito”. A funkeira também é ativista cultural do movimento funk e dos direitos da mulher.

Também confirmaram presença na roda de conversa representantes do mandato do deputado federal Chico Alencar, que oficializou o funk como manifestação cultural brasileira em 2010; da Secretaria de Estado de Cultura e da Secretaria Estadual da Juventude. Para o Coordenador da Juventude de Angra dos Reis, Andrei Lara, este é um momento para se quebrar preconceitos.

– Antes de agitar pistas de dança por todo o mundo, o funk carioca já era uma importante forma de expressão dos jovens das periferias e, por meio dele, toda uma cena cultural surgiu. Nosso objetivo é quebrar preconceitos e mostrar a importância deste ritmo em nossa sociedade – explicou o coordenador.

You may also like

4 comments

É sério? 11 de maio de 2016, 00:17h - 00:17

Funk por si só (digo o “nosso” funk tupiniquim, não o americano que foi deturpado) já é uma tragédia. Quando ainda consegue-se juntar no mesmo local com ativista e representantes de Chico Alencar não vai sair boa coisa. É o Titanic batendo no iceberg.

Henrique 10 de maio de 2016, 22:10h - 22:10

O MUNDO ESTA ACABANDO MESMO!!!!!!!!!!!!!ESSES VAGABUNDOS QUE FICAM TOCANDO ESSAS PORCARIAS…. DEVERIA TER UMA LEI QUE PREDESSE ESSA RACA!!!!!!!! CULTURA?????????????? ME POUPEEEEEEEEEEEEE

perito 10 de maio de 2016, 16:23h - 16:23

Músicas que denigrem a mulher, as colocam como objetos sexuais, as definem como “piriguetes” “cachorras” e por ai vai, incentivam a promiscuidade, incentivam precocemente as relações sexuais, fazem apologia a crimes e criminosos, etc. Ativista dos direitos da mulher? kkkkkkk piada melhor só a tentativa de barrar o impeachment. É por isso que Angra está este caos. Ao invés de estarem discutindo e informando a população, principalmente os jovens, sobre a situação politica do país, ainda mais por ser um pólo com grande número de demissões, ficam incentivando a ignorância, alienação. Mas é isso que os politicos querem: ignorantes, jovens desinformados e alienados. Tinha que ser uma cidade governada pelo PT, está explicado.

eu 10 de maio de 2016, 21:03h - 21:03

exatamente isso! cultura é algo q enobrece o ser humano! não qualquer coisa q eu ache q é cultura. se fosse assim faria um cocozinho no centro da cidade e falaria q é uma expressão cultural. Não se ensina isso nas escolas. liberdade demais vira anarquia ou seja, todo mundo acha q é certo aquilo q pensa, existe um bem maior, moral e cidadania. Brasil ta perdido, vide a votação do impeachment , aquilo foi o retrato do brasileiro, eles sairam do meio da gente. políticos não são extraterrestres.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996