terça-feira, 7 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Os filmes do Oscar e as Aves de Rapina

Os filmes do Oscar e as Aves de Rapina

Matéria publicada em 30 de janeiro de 2020, 08:48 horas

 


‘Adoráveis Mulheres’ está sendo exibido no Cine Gacemss e concorre a seis estatuetas

A semana cinematográfica está bem animada com vários filmes que concorrem às estatuetas do Oscar. O mais cotado é “Adoráveis Mulheres”, que está sendo exibido no Cine Gacemss. O outro filme que concorre a três estatuetas é “O Escândalo”, sobre os bastidores da rede de televisão Fox News e seu caso de assédio sexual. Para a turma do cinema pipoca tem “Bad Boys Para Sempre”, com Will Smith, e a pré-estreia do aguardado “Aves de Rapina” com a Margot Robbie repetindo o papel da vilã Arlequina que a consagrou.

‘Adoráveis Mulheres’: Filme tem duas candidatas a melhor atriz

“Adoráveis Mulheres” (Little Women), da diretora Greta Gerwig, um dos filmes favoritos ao Oscar, conta a história de quatro irmãs, cada uma com objetivos diferentes na vida. Meg March, a mais velha das quatro, é interpretada pela Emma Watson dos filmes do Harry Potter. Ela tem objetivos comuns a muitas mulheres. Quer casar, ter filhos, viver um grande amor. Jo (Saoirse Ronan do filme “Lady Bird: A Hora de Voar”) quer ser escritora e ter seus livros publicados. A terceira irmã é Amy (Florence Pugh) que gosta de pintura e quer ser artista plástica, mas se sente inferiorizada diante das ambições de Jo. Beth (Eliza Scanlon) é a irmã caçula, a mais frágil das quatro que fica angustiada diante das brigas da Jo com a Amy.
Apesar dos atritos elas vivem em um lar quase perfeito com a mãe Marmee (Laura Dern, que dispensa apresentações) e o pai March (Bob Odenkirk) tentando manter a família unida. Esta é a terceira adaptação para o cinema do romance da escritora Louisa May Alcott, escrito em 1869. As anteriores foram em 1933 e 1994. A versão de 1994 teve a então famosa Winona Rider no papel de Jo March, a heroína que narra a história das quatro irmãs a partir de seu ponto de vista. As atuações de Saoirse Roman e Florence Pugh impressionaram a academia de Hollywood e as duas concorrem aos prêmios de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante. A fotografia e a cenografia estão belíssimas com cada uma das irmãs sendo caracterizada por uma cor diferente. O resultado é um lindo filme que merece ser visto independente de premiações.
“O Escândalo” tem as famosas Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie no papel de jornalistas que enfrentam o temível editor da rede de TV Fox News, Roger Ailes (John Litgow de “2010: O ano em que faremos contato”). Baseado em fatos reais, o filme conta uma história de assédio sexual que aconteceu nos bastidores do jornalismo televisivo norte-americano. Margot Robbie é a vítima de assédio e ela também é a estrela de “Aves de Rapina”, que terá sua pré-estreia esta semana. Originalmente as aves de rapina eram um grupo de super-heroínas, lideradas pela ex-Batgirl Bárbara Gordon, que usavam a internet para combater o crime em Gothan City e adjacências. Mas, com o interesse do público em vilões, tiraram a Batgirl do papel principal e colocaram a Arlequina da Margot Robbie.

‘O Escândalo’: As loiras contra o assédio

Ela já foi a ajudante do Coringa. Mas ficou cansada da loucura e das maldades do seu patrão e resolveu se unir a turma do bem. Ou seja, as Aves de Rapina aqui representadas pela Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), a Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell) e a Renee Montoya (Rosie Perez). Juntas elas tentam salvar uma jovem ameaçada por um gangster. O título do filme revela bem o atual status da vilã que reduz as heroínas a meras coadjuvantes: “Aves de Rapina – Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa”.
“Bad Boys Para Sempre” tem Will Smith e Martin Lawrence no papel da dupla de policiais Mike e Marcus, que enfrentam um perigoso chefão do narcotráfico na Miami dos dias de hoje. Quem gosta de filme de ação não vai reclamar.

‘Aves de Rapina’: A volta da Arlequina

Jorge Luiz Calife

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document