terça-feira, 15 de junho de 2021 - 10:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Plantas carnívoras, vegetais terríveis?

Plantas carnívoras, vegetais terríveis?

Matéria publicada em 11 de maio de 2015, 06:28 horas

 


Quando eu era moleque, ganhei uma velha enciclopédia de curiosidades dos seres vivos. Comprada em um sebo no Centro do Rio, era bem velha e muito imprecisa. Tinha um capítulo inteiro sobre plantas carnívoras. Nele havia relatos de plantas gigantes e traiçoeiras, encontradas em regiões exóticas e distantes, capazes de atacar e comer os que se embrenhavam na floresta. Elas também chamam bastante atenção no cinema em filmes trash de horror, comédias e até mesmo em desenhos animados.

Na vida real elas são um pouco mais modestas, entretanto não deixam de ser interessantes e ter seu mistério. Apesar de nenhuma delas representar perigo ao ser humano elas não deixam de ser admiráveis. A maioria delas é pequena e delicada, alimentando-se principalmente de insetos, mas dependendo da espécie podem se alimentar de pequenos roedores, anfíbios e passarinhos. Algumas são exuberantes e de rara beleza, apesar do pequeno porte.

Na verdade elas não comem o animal assim como fazemos. Elas não têm estômago e fazem a digestão na própria folha, utilizando substâncias chamadas enzimas. Ah, não se esqueça, elas são plantas, fazem fotossíntese e sua fonte de energia é o Sol, entretanto, como vivem em solo pobre, precisam dos animais para retirar o nitrogênio que outras plantas tirariam do solo.

Elas também não caçam como os leões. Como não tem pernas para correr atrás de sua presa ela tem que atraí-la, oferecendo alimento, abrigo ou um cheiro que o animal goste. Uma vez que chamou a atenção do animal a planta tem que ter uma estratégia para segurá-lo. Algumas têm folhas que se fecham sobre a presa como se fossem armadilhas para ursos, outras têm visgo, que gruda o animal e não o deixa sair dali. As maiores costumam ter folhas modificadas que parecem vasos, quando o animal entra para beber do seu líquido não consegue sair mais, esses vasos podem chegar até 50 centímetros e são essas plantas que podem capturar os pequenos vertebrados.

Hoje é fácil ter uma planta carnívora em casa, elas estão à venda em lojas de flores e podemos encontrar exemplares exóticos na internet. O importante é saber como tratar, como não são plantas comuns exigem cuidados especiais, pesquise bastante antes de comprar um desses monstrinhos charmosos.

Na próxima semana, falaremos sobre o gigante do mundo dos lagartos, o Dragão de Komodo. Dúvidas e sugestões? Envie um e mail e colabore com a coluna. Até lá.

Curiosidades

O filme “A Pequena Loja de Horrores”, filmado em 1960 virou musical e foi refilmado duas décadas depois. Ele conta a história de uma planta carnívora gigante que adora comer gente.

A “Flor Cadáver” ou “Flor de Carne” tem cheiro de carniça. Para nós é horrível, mas as moscas adoram e ela adora as moscas.

A mais conhecida de todas é a Dionéia Papa Mosca, mede de 5 a 10 centímetros e é encontrada facilmente em lojas, além disso, são bem baratas e fáceis de cuidar.

Algumas são conhecidas como “Copos de Macaco”, pois os animais costumam beber água da chuva que se acumula em seus jarros.

Leonardo Bentes[email protected]


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document