Prefeitura de Angra dos Reis inicia preparativos para ‘Festa do Divino’

Por Diário do Vale
‘Festa do Divino’: Estão abertas as inscrições para as danças coquinhos, jardineiros, lanceiros, marujos e velhos (Foto: Divulgação)

‘Festa do Divino’: Estão abertas as inscrições para as danças coquinhos, jardineiros, lanceiros, marujos e velhos (Foto: Divulgação)

A “Festa do Divino Espírito Santo”, uma das maiores expressões culturais da cidade de Angra dos Reis, já começou a ser preparada pela prefeitura de Angra, por meio da Fundação Cultural (Cultuar). E este ano a festa tem um motivo muito especial para ser comemorada, são 30 anos de resgate do festejo que é um dos maiores símbolos culturais da cidade. Em Angra, a festa foi retomada em 1985 no governo do ex-prefeito João Luis Gibrail Rocha (já falecido), após ter ficado mais de nove anos esquecida. Este ano a festa será realizada de 15 a 24 de maio e o pontapé inicial foi dado ainda em 2014 com o sorteio para a escolha do menino imperador, Matheus Ricardo Gullo S. Barboza, que faz catequese na paróquia Nossa Senhora da Conceição. Também já estão abertas até o dia 16 de março as inscrições para as danças da festa (coquinhos, jardineiros, lanceiros, marujos e velhos) e podem ser feitas na casa Larangeiras, de segunda a sexta-feira, das às 18h. Os interessados devem ter idade mínima de 5 anos e altura entre 1,20m e 1,50m para a dança dos coquinhos e 14 anos para as demais danças.

Para o presidente da Cultuar, Délcio José Bernardo, a festa do Divino é a pura expressão da cultura popular angrense.

– A festa do Divino é sem dúvida a nossa maior tradição popular, sendo realizada há mais de 70 anos até hoje ela nos encanta com seus personagens, unindo a tradição religiosa com a cultural e nesta festa dos 30 anos não vamos medir esforços para fazer uma bela festa – declara o presidente.

Semana passada, foi realizada a primeira reunião entre a Cultuar e a Paróquia Nossa Senhora da Conceição para acertar detalhes da celebração dos 30 anos da “Festa do Divino”, em Angra dos Reis. A abertura da festa será com missa festiva e entrega das bandeiras do divino às comunidades da Paróquia Nossa Senhora da Conceição na igreja Matriz, seguida de apresentações culturais. E durante nove dias a cidade se prepara para a chegada de sua majestade o menino imperador e seu séquito com celebrações religiosas e uma extensa programação cultural.

Advertisement

 

Origem do festejo

 

A Festa do Divino Espírito Santo é de origem portuguesa, nasceu em Alenquer , no século XIV, chegando a Angra dos Reis no século XVII. Durante o apogeu do ouro, no século XVIII, a festa recebeu novos elementos enriquecendo e oficializando a realeza do Imperador do Divino Espírito Santo.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996