sábado, 24 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Hora da Educação - Raphael Haussman / Professor com livros publicados vai estrear coluna ‘Hora da educação’

Professor com livros publicados vai estrear coluna ‘Hora da educação’

Matéria publicada em 2 de novembro de 2018, 17:15 horas

 


Raphael Haussman tem diversos livros publicados e aproveita para dar dicas para a prova do Enem

Professor Raphael Haussman fará parte do caderno Lazer & Cia


Volta Redonda –
No sábado, dia 10 de novembro, o caderno Lazer & Cia estreia uma nova coluna: a “Hora da Educação”. A novidade será assinada pelo professor Raphael Haussman, que irá abordar diversos temas pertinentes à educação.

Formado em Cinema, Artes cênicas e Letras, o professor, com mais de 20 anos de experiência, possui diversas especialidades em literatura, além de ser trainer Coach. Haussman atualmente leciona em uma rede privada de ensino, e é palestrante e consultor do IBECRH (Instituto Brasileiro de Educação, Coaching e Recursos Humanos). Também é criador da franqueadora e do aplicativo “Hora da Redação” e de um modelo exclusivo de coaching educacional.

– Nasci em Volta Redonda, passei a infância e adolescência aqui, cheguei até ser jogador do Voltaço. Deixei a cidade aos 18 anos. Ainda moro no Rio, mas há mais de 10 anos voltei para trabalhar – lembrou o professor.

Além de todas as especialidades, Haussman é escritor e tem diversos livros publicados, entre eles ‘A Arte De Contar Histórias’, ‘Simples Histórias De Se Contar’, ‘Falar: Arte, Pratica E Autonomia’ e ‘Por Um Texto Todo Meu’.

– Meus livros são dedicados aos contos, à literatura infantil, à oratória e o último é sobre redação, onde abordo teoria e prática que promete resolver de forma assertiva as dúvidas sobre o processo de produção textual – explica.

Falando em redação, Haussman conta que, além de ajudar os alunos na preparação para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que acontece nos próximos dois domingos, dias 04 e 11 de novembro, ele também irá fazer a prova.

– Fazer a prova é uma forma de incentivar o aluno. Primeiro que é mostrar confiança no método estudado, segundo é fazer com que ele não se sinta sozinho, pois o mesmo choque que ele tem ao descobrir o tema eu também tenho. Depois nós conseguimos conversar como duas pessoas que fizeram a prova e discutir todos os pontos, pois falar de fora é fácil dizer que o aluno poderia ter feito isso ou aquilo. É, sem dúvida, emocionante – destaca.

O professor explica ainda que, durante todo o período das aulas, utiliza de mensagens motivacionais e outros artifícios para se aproximar do aluno e passar confiança.

– No nosso material tem a seguinte frase “Quando você estiver trabalhando, fazendo a sua prova, lembre-se, eu também estarei. Nada resiste ao trabalho, nosso segredo! Tamo Junto Sempre” isso dá ao aluno a certeza que ele tem com quem contar – afirma, lembrando que nesta semana foi lançada a revista ‘Hora da Redação’, mais um canal de aproximação e que irá integrar alunos, professores e a família.

Com a proximidade do Enem, Haussman, que transformou a redação em um método, dá dicas para quem irá fazer o exame.

– Na hora que chegar ao local de prova, é ter calma e não fazer nada de diferente do que treinou. Tentar adivinhar o tema da redação é como acertar na loteria, não pode pensar que é mágico, que vai ter um “insight”. É preciso lembrar que o tema da redação sempre traz um problema de âmbito nacional e que você tem que estar preparado para todos os assuntos – diz.

Serviço:
A coluna “Hora da Educação” será publicada na página 04 do caderno Lazer & Cia, todos os sábados a partir do dia 10 de novembro. Trazendo sempre assuntos ligados a educação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Pergunta que não quer calar

    Qual cursinho ou escola dá aula?

  2. Avatar

    Parabéns ao professor com as dicas aos nossos estudantes! Melhor agora como colunista do DV e ajudar ainda mais este jornal a atingir os nossos jovens a se superarem. Eu sempre acreditei que o DV podia mais, aliás, ainda pode formar seus futuros leitores.

    Bom seria todos os professores desafiasse seus alunos a trabalhar em cima de matérias do DV. No meu tempo de Ensino Fundamental tinha essa tarefa com recortes de jornais. Aprendi deste cedo a ler jornais e destacar algo interessante para o assunto das aulas.

    O risco que se corre é ser um tagarela por aqui. kkkkkkkkkkk

    • Avatar

      Nesta eu concordo contigo VaiVendo!!! Este professor é fera naquilo que faz, porque faz com o coração!!! Sem ideologia, sem mimimi, ele estimula seus alunos a utilizarem todo o seu potencial em função do que é relevate: alcançar a aprovação no ENEM e em qualquer Concurso ou Vestibular!!! Parabéns ao DV pela excelente aquisição! Podem estar certos que esse cara tem o espírito de quem trabalha sob o sol do meio-dia e a escuridão da meia-noite, sempre incansável em prol do melhor preparo do seus alunos!

Untitled Document