sábado, 16 de outubro de 2021 - 02:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Projeto ‘Capoeira é História e Educa’ realiza batizado neste domingo, em Itatiaia

Projeto ‘Capoeira é História e Educa’ realiza batizado neste domingo, em Itatiaia

Matéria publicada em 20 de janeiro de 2018, 14:45 horas

 


Itatiaia – Ainda falando em Itatiaia, acontece neste domingo (21), a partir das 9h, no Ginásio Jarbas José dos Santos, a cerimônia de batizado do projeto “Capoeira é História e Educa”. No total, 85 alunos receberão a primeira corda no evento, que é aberto a comunidade e tem entrada gratuita.

Na abertura da cerimônia será feito o primeiro campeonato interno do projeto que tem o objetivo de formar cidadãos e proporcionar integração entre os moradores de diferentes bairros da cidade.

Considerado um momento honroso para o capoeirista, o batizado consiste em uma roda de capoeira solene e festiva, na qual alunos novos recebem a primeira corda e os demais podem passar para graduações maiores, com cordas de cores diferentes.

De acordo com o professor do projeto, mestre Rogério Leite, o Coronel, esse é o momento mais esperado pelos alunos que treinaram cerca de oito meses para alcançar a graduação de iniciantes e receberem a corda branca com ponta amarela.

– Atualmente, temos 125 alunos que praticam em quatro polos na cidade, porém, alguns entraram recentemente e por isso apenas 85 irão participar do batizado, inclusive, os alunos da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). Toda arte tem sua graduação e na capoeira ela é representada pela corda. Esse será o primeiro batizado do projeto, então, todos receberão a corda branca com ponta amarela, de iniciantes, e a partir daí continuarão como alunos efetivos em busca de outras cordas – explica o mestre Coronel.

Segundo o Assessor Técnico da Secretaria de Esporte e Lazer, Alex Gomes da Silva, um dos diferenciais do projeto é a inclusão da Apae de Itatiaia na atividade.

– A capoeira veio para diversificar as modalidades esportivas oferecidas pela secretaria e ter a presença dos alunos da Apae é algo muito especial, pois para eles cada movimento realizado é uma vitória. É o primeiro batizado do projeto e será um momento importante não só para os alunos, mas para a família também que estará junto no dia – comenta Alex.

Em 2008, a Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres de Capoeira foram registrados como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), com base nas pesquisas desenvolvidas durante a fase de inventário nos estados da Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro. Em novembro de 2014, a Roda recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciencia e Cultura).

O Ginásio Poliesportivo Jarbas José dos Santos fica anexo ao Colégio Reinaldo Maia Souto, na Avenida dos Expedicionários, s/nº, Centro.

‘Capoeira é História e Educa’: No total, 85 alunos receberão a primeira corda (Foto: Divulgação)

‘Capoeira é História e Educa’: No total, 85 alunos receberão a primeira corda (Foto: Divulgação)

Projeto

Atualmente, 125 alunos participam da prática que acontece nos polos da Vila Esperança, Vila Odete, Campo Alegre, Apae e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

As inscrições para novos alunos podem ser feitas durante a aula ou na sede da Secretaria, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.  Podem participar meninos e meninas entre cinco e 17 anos e no ato da inscrição é preciso levar cópia do RG, cópia do comprovante de residência, duas fotos 3×4 e atestado médico.

A Secretaria de Esporte e Lazer fica situada na Rua Dona Apolinária, nº 380, Centro, anexo ao Estádio Municipal.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Não dou valor algum pra capoeira. Isso não é considerado dança, nem esporte, nem luta e nem porcaria alguma. Pessoas pulando ao som irritante de um instrumento de uma corda só. Que cultura hein !!

Untitled Document