quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - 22:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Projeto tem como objetivo incluir participantes com Síndrome de Down no ramo da fotografia

Projeto tem como objetivo incluir participantes com Síndrome de Down no ramo da fotografia

Matéria publicada em 6 de abril de 2016, 07:30 horas

 


Pinheiral – “Uma boa foto é aquela que abre sua imaginação, que traz emoção”. O pensamento de Martine Franck deu tom ao mais novo projeto de inclusão social da empresa C2 Multimídia em parceria com a ONG Amigos Especiais.
A C2 Multimídia é uma empresa de fotografia constituída pelo casal Carla Godinho e Carlos Augusto, atuante em causas culturais – como o projeto Jongo de Pinheiral – e sociais, com mais de dez anos de estrada.

A ONG Amigos Especiais foi criada para a interação família/portadores da trissomia do 21/sociedade. Sem fins lucrativos, tem como objetivo trabalhar em prol do desenvolvimento pleno e da integração de pessoas com Síndrome de Down, na sua forma mais ampla, fazendo com que sejam respeitadas como cidadãs. Entre os seus projetos principais estão o desenvolvimento da interação familiar, recreações terapêuticas, palestras e orientações profissionais. Defender os direitos e interesses das pessoas com Síndrome de Down, combater toda e qualquer forma de preconceito relativo à Síndrome, através da sensibilização, conscientização e informação também fazem parte do projeto.

O Projeto Cliques Especiais tem como objetivo incluir participantes com Síndrome de Down no ramo da fotografia, mostrando a eles um novo olhar para o mundo. O primeiro evento do projeto aconteceu no último domingo, no Zoológico de Volta Redonda. Durante toda a manhã, dez participantes especiais estiveram no local com seus familiares e acompanhados pela equipe organizadora do projeto. Na ocasião, Carlos e Carla auxiliaram o grupo com técnicas de fotografia, bem como melhores ângulos, zoom, luz, entre outras dicas. Além da natureza e, claro, os animais, papais e mamães também serviram de modelos para os empolgados alunos.

Vitor Mesquita, presidente da ONG, ressalta que a ideia é desenvolver outros trabalhos em cima de toda a forma de inclusão, aceitação e interação social de pessoas com Síndrome de Down.

– É importante, pois melhora a qualidade de vida dos assistidos. Resgatamos a autoestima e autoconfiança deles através de nossos workshops – diz.

De acordo com Carlos Augusto, a expectativa é de que, ao final do workshop, seja realizada uma exposição com as melhores fotos dos participantes, intitulada “A Beleza em Cliques Especiais”, ainda com data a confirmar. A próxima edição do projeto deve acontecer nas ruínas do Parque Arqueológico de São João Marcos, que fica em Rio Claro. No entanto, a animação e disposição do grupo não bastam. “Dependemos de ajuda de amigos para o deslocamento. Por isso, estamos em busca de parceiros ou voluntários que nos ajudem com o transporte de 30 pessoas de Volta Redonda até o parque”, explica Carlos.

Serviço

Aquele que quiser ajudar, obter informações ou ainda participar do projeto, basta entrar em contato com a equipe através do e-mail (c2multimidia@gmail.com) ou pelo telefone (24) 3356-0229.

Projeto Cliques Especiais: Primeiro evento aconteceu no Zoológico de Volta Redonda (Fotos: Divulgação)

Projeto Cliques Especiais: Primeiro evento aconteceu no Zoológico de Volta Redonda (Fotos: Divulgação)

foto capa (4) foto capa (9)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document