terça-feira, 17 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Projeto “Tempo de Brincar” chega ao bairro Itapuca

Projeto “Tempo de Brincar” chega ao bairro Itapuca

Matéria publicada em 11 de setembro de 2019, 19:56 horas

 


Projeto promete unir diversas gerações com brincadeiras de rua que eram muito comuns décadas atrás – Foto Carina Rocha

Domingo, dia 15, vai ser de muita nostalgia e animação na Praça das Mangueiras, na Itapuca. Promovido pela Prefeitura, o projeto “Tempo de Brincar” promete unir diversas gerações com brincadeiras de rua que eram muito comuns décadas atrás. Queimada, vivo e morto, pique-bandeira, peteca, dança das cadeiras, amarelinha e muitas outras atividades estão na programação. Além disso, no mesmo local a Prefeitura realiza mais uma edição do projeto ‘Árvore do Saber’. As ações acontecem de 9h às 13h.
De acordo com os organizadores, o objetivo do evento é resgatar velhos hábitos e atividades, que correm risco de serem perdidos para as próximas gerações, agregando valores às tradicionais ações recreativas entre pais e filhos. A lista de brincadeiras conta ainda com: queimada, pique bandeira taco, cabo de guerra, corrida de saco, dança das cadeiras, ovo na colher, coelhinho sai da toca, estátua, vivo e morto, amarelinha, peteca, bambolê, pião, pula elástico e pula corda.
– Esse projeto resgata as brincadeiras antigas e a interação dos pais com as crianças. A missão é trazer isso tudo de volta, tirando as crianças de dentro de casa e fazendo com que elas aproveitem um dia de sol. O convite é feito a toda a família, pois pessoas de todas as idades serão bem-vindas nas brincadeiras. – explica Luzia Diniz, uma das organizadoras do evento.

Leitura em foco
No mesmo dia e local, acontecerá também o tradicional projeto ‘Árvore do Saber’, que levará roda de leitura e contação de histórias para todas as idades. Além da experiência de contato com livros, do mergulho no mundo da ficção e dos contos, o projeto leva títulos para o sistema de “pegue e leve”, proporcionando a oportunidade de estender a leitura para o cotidiano.
O objetivo deste sistema é dar um destino às doações recebidas e promover o acesso gratuito ao livro, para incentivar o hábito da leitura. Livros repetidos e similares são destinados ao projeto, para que de uma forma descomplicada os títulos sejam colocados em um expositor, proporcionando aos interessados a oportunidade de pegar e avaliar o livro de acordo com seus critérios e necessidades.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document