>
quarta-feira, 10 de agosto de 2022 - 17:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / AAP-VR forma primeira turma do Curso de Inclusão Digital

AAP-VR forma primeira turma do Curso de Inclusão Digital

Matéria publicada em 6 de julho de 2022, 18:45 horas

 


A Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda realizou nesta quarta (06), no salão de sua sede, na Vila Santa Cecília, a formatura de 65 idosos da primeira turma do Curso de Inclusão Digital, que administra, em parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

***

O presidente Ubirajara Vaz, que presidiu a solenidade, entregou o Certificado de Conclusão ao formando João Tarcísio de Moraes, engenheiro aposentado, que completa 83 anos em setembro próximo.

***

Os 65 idosos que se formaram nesta primeira turma são de Volta Redonda e Barra do Piraí.

***

Durante dois meses, uma vez por semana, eles tiveram aulas de informática, aprendendo, ainda, a utilizar corretamente a internet nos celulares e tablets.

***

O evento contou com a participação do Coral Alvorada, da AAP-VR, que cantou clássicos da MPB na abertura e no final.

 

Opinião de alunos

Para o formando João Tarcísio, decano da turma, “o curso foi excelente, com ótimos instrutores”. Já Elaine Nascimento Gomes, também formanda, disse que sua vida mudou com o curso: “ Eu tinha verdadeira aversão a computador, medo de mexer. Com o curso, tudo se tornou mais simples, os professores são ótimos e pacientes. Facilitou muito a minha vida. Eu precisava perder o medo e, agora, me sinto atualizada”, afirmou.

 

Agradece

O diretor de Assistência Social, Manoel Messias dos Santos, cuja área é responsável pelo curso, agradeceu a todos os que trabalharam para a sua realização e disse que estava muito alegre com o resultado: “Vamos ter muitas outras solenidades como essa. E é grande a nossa admiração por vocês, que resolveram dar um passo mais alto e aceiraram o desafio de estudarem informática. Vocês são exemplo para muitos outros”, afirmou.

 

Restaurante popular

Resende será uma das próximas cidades a ser contemplada com o Restaurante do Povo – antigo Restaurante Popular. A informação foi dada pelo vereador Fábio Lucas (Avante), autor da indicação nº345/2021, que propõe a retomada do serviço na cidade.

 

Confirmada

Segundo o parlamentar, a medida foi confirmada pelo Secretário de Desenvolvimento Social do Rio de Janeiro, Júlio Saraiva, no início da semana. “Serão 26 municípios beneficiados com o Restaurante do Povo e Resende é um deles, de acordo com as informações divulgadas nos últimos dias pelo governo do Estado”, aponta Fábio Lucas.

 

Ajuda

Para o vereador, a novidade vai suprir a grande demanda da população em situação de rua, de baixa renda e dos trabalhadores do comércio por refeições saudáveis e acessíveis. “O restaurante será mais do que bem-vindo, principalmente diante das dificuldades econômicas que estamos vivendo. Certamente vai fazer a diferença no orçamento e na qualidade de vida de muitas pessoas”, avalia Fábio Lucas.

 

O projeto

Projeto de segurança alimentar do governo estadual, o Restaurante Popular contava com 16 unidades, que serviam cerca de 10 mil cafés da manhã e 23 mil almoços por dia. A unidade de Resende funcionava no bairro Jardim Tropical e chegou a servir quase 2 mil refeições diárias.

 

Acompanhantes

Os vereadores de Barra Mansa aprovaram por unanimidade, o projeto de lei do vereador Luiz Furlani que torna obrigatória a instalação de poltronas para acompanhantes de pacientes em tratamento, em hospitais e clínicas médicas do município. Luiz Furlani agradeceu a aprovação do projeto, na sessão dessa terça-feira (05),

 

Importância

-Este é um projeto tão importante, pois apenas quem já esteve acompanhando um ente querido, um amigo em uma unidade hospitalar, que precisa passar uma noite sentado  em um cadeira sem qualquer conforto, sabe o quanto é desgastante. Neste momento tão delicado, o mínimo que todos precisam é de dignidade, que passa por condições mínimas de uso das unidades hospitalares. Espero que o prefeito sancione esta lei e o secretário de saúde a coloque em prática, para o bem de nossa população – justificou Furlani, após aprovação do projeto.

 

Definição

O projeto de lei estabelece que cada leito possua uma poltrona reclinável e acolchoada para quem estiver acompanhando o paciente em tratamento. Esta obrigação se estende, de acordo com o projeto, às enfermarias e salas de emergência.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document