>
quarta-feira, 10 de agosto de 2022 - 17:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Arraiá de Ipiabas

Arraiá de Ipiabas

Matéria publicada em 5 de julho de 2022, 20:24 horas

 


Barra do Piraí recebeu, em seu distrito, a primeira edição do Arraiá de Ipiabas.

***

Essa foi uma superfesta, que movimentou, em seus três dias, aproximadamente 11 mil pessoas.

***

O Arraiá contou com diversas atrações musicais, incluindo o Falamansa, grupo de forró conhecido em todo o país.

***

Além disso, o evento trouxe barraquinhas de comidas e bebidas típicas da época, como caldos, milho verde, quentão, cachaças e cervejas artesanais.

***

No último dia de festa, cinco escolas municipais (Jardim de Infância Alfredo Mansur Elias, Creche Helena Figner e as escolas Jorge Freitas Tinoco, Professor Arlindo Rodrigues e Jeová Santos) apresentaram números de dança, garantindo muita diversão para todas as idades.

 

Entusiasmo

O secretário de Turismo e Cultura, Rafael Couto, comenta com muito entusiasmo sobre os resultados da festa. “O Arraiá de Ipiabas foi uma grande ideia que foi promovida pela secretaria. É com imensa alegria que digo que esse evento só rendeu bons frutos; trouxemos o Falamansa, que é super conhecido nacionalmente e eles agitaram um público de mais de 6 mil pessoas no distrito. Além disso, é claro, as atrações de sábado e domingo também foram excelentes; o show de Os Danados contou com aproximadamente 3 mil pessoas na Praça de Ipiabas; e, o último dia, o Arraiá da Família movimentou as crianças das escolas do município. Ainda tivemos a atração regional Maninho dos Teclados e o grupo Pegada Chique fechando a noite”, aponta Rafael.

 

Alegria

Já o prefeito Mario Esteves, também fala com muita alegria sobre como o evento foi um sucesso. “É muito bom ver a população toda assim na rua. Ver as crianças na praça se divertindo nos brinquedos com suas famílias, os adultos curtindo os shows e as barraquinhas, tudo isso é muito prazeroso para mim, como gestor. Além disso, eventos como esse contribuem enormemente para a movimentação turística do distrito, atraindo a população de fora e turistas para Ipiabas, essa que está recebendo cada vez mais destaque nesse setor”, finaliza o prefeito.

 

Promulgadas

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT), promulgou 18 novas leis e atualizou outras duas leis que já estavam em vigor. As medidas foram publicadas no Diário Oficial do Legislativo desta terça-feira (05/07). As promulgações e atualizações são oriundas da derrubada de vetos do Governo do Estado a projetos que haviam sido aprovados pelo Parlamento fluminense.

 

Direitos humanos

Dentre as medidas promulgadas ou atualizadas, cinco são relacionadas à promoção dos Direitos Humanos, como a Lei 9.762/22, dos deputados Lucinha e Luiz Paulo (ambos do PSD), que prevê concessão do auxílio emergencial do Programa Supera RJ para crianças e adolescentes de famílias de baixa renda em situação de orfandade, que tenham perdido seu genitor(a) ou responsável legal em decorrência da pandemia de covid-19 ou de desastres naturais.

 

Valor

O valor concedido pelo programa é de R$ 200, com adicional de R$ 50 por filho menor, limitado a dois filhos. Com validade até 31 de dezembro de 2022 ou até o fim da calamidade pública em decorrência do coronavírus, o auxílio é concedido a pessoas residentes no Estado do Rio. Considera-se em vulnerabilidade social pessoas que comprovem renda mensal igual ou inferior a R$ 200 e estejam inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico), nas faixas de pobreza ou extrema pobreza; e que tenham perdido vínculo formal de trabalho no período da pandemia e esteja sem qualquer outra fonte de renda, conforme dados disponibilizados pelo Governo Federal.

 

Órfãos da Covid-19

Segundo Luiz Paulo, mais de 113 mil menores de idade brasileiros perderam o pai, a mãe ou ambos para a covid-19, entre março de 2020 e abril de 2021. Acidentes naturais também deixaram menores de idade órfãos no estado do Rio. “Por esse motivo, é necessário assegurar que essas crianças e jovens tenham condições de se desenvolver de forma digna e assistida pelo poder público, auxiliando assim também seus tutores legais”, afirmou o parlamentar.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document