domingo, 23 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Atendimento especializado

Atendimento especializado

Matéria publicada em 23 de janeiro de 2020, 20:58 horas

 


Atendendo uma demanda da população, a Prefeitura de Volta Redonda vai implantar um Centro de Atendimento Especializado em Educação Especial.
***
O convênio foi assinado nesta semana com o governo do Estado e possibilitará que a Escola Estadual Minas Gerais, no bairro Retiro, seja municipalizada para receber o projeto de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais na rede municipal.
***
As chaves da unidade serão entregues oficialmente nesta quinta-feira, dia 23, para a realização de pintura e melhorias.

Inclusão
“Esse é um projeto pioneiro que a SME vai realizar para inclusão dos alunos. Volta Redonda já conta com a Escola Dayse Mansur que é especializada na educação de autistas, também pioneira na América Latina. Estamos muito satisfeitos com esse convênio com o governo do Estado, que vai possibilitar que esse projeto seja realizado da melhor forma possível pela equipe da Educação”, contou o prefeito Samuca Silva.

Avanço
Segundo o representante da Regional Médio Paraíba da Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC), Vitor Fonseca, o convênio representa um grande avanço para os alunos da rede pública de Volta Redonda. “A regional fica muito feliz com essa parceria. Quem vai ganhar são os alunos da rede municipal. E o secretário de Educação do Estado, Pedro Fernandes, preza muito pelas parcerias que colaboram com o crescimento da educação”, disse.

Pedido
A secretária de Educação, Rita Andrade, destacou que o pedido para municipalizar a escola partiu da SME. “Em uma reunião com o secretário de Estado, relatei a necessidade de se criar esse centro para atender ainda melhor nossos mais de 800 alunos da Educação Especial. É um projeto pioneiro e sabemos da importância dele para o desenvolvimento desses alunos. Já estamos preparando mais uma municipalização, onde seria parcialmente do município e do estado e, em breve, vamos divulgar. Estamos felizes com essa conquista e, vale ressaltar, que vamos realizar apenas algumas melhorias na escola, pois ela está em ótimas condições para atender a demanda escolar”, declarou.

Cirurgias
O Hospital Municipal de Pinheiral irá realizar cirurgias ginecológicas já nos primeiros meses de 2020. Com a abertura do centro cirúrgico do Hospital na gestão do prefeito, Ednardo Barbosa, a cidade ganhou um espaço para realizar procedimentos que ficavam aguardando convênios com outros municípios para serem realizados.

Avanço
O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, destacou a importância de mais esse avanço na Saúde para beneficiar a população da cidade. “Esta é mais uma conquista para a nossa cidade e, que me deixa muito feliz. É para beneficiar, em especial as mulheres, pois vamos passar a realizar cirurgias ginecológicas dentro do nosso município, em nosso Hospital Municipal Prefeito Aurelino Gonçalves Barbosa. E, tudo isso será possível após a abertura do centro cirúrgico realizado com muito orgulho em nossa gestão”, disse.

Avaliações
O secretário de Saúde, Everton Alvim, declarou que o ginecologista Dr. Alberto Messias, já está realizando as primeiras avaliações. “Estamos abrindo o ambulatório de cirurgias ginecológicas em nosso Hospital Municipal. Nosso ginecologista, o Dr. Alberto Messias, já está analisando os pedidos que temos na secretaria e vamos realizar esses procedimentos em nosso município. Nosso objetivo é acabar com a demanda que temos como cirurgias de ovários, histerectomia e ligaduras, já que no planejamento familiar estávamos realizando só a vasectomia. Nosso objetivo em 2020 é investir em cirurgias, e em breve, também iniciaremos outros tipos de cirurgias como cirurgias pediátricas, catarata e outras”, disse Everton.

Mulher
A enfermeira e coordenadora da Atenção Primária de Saúde, Rafaela Mendes Roquini, destacou a importância do início das novas atividades no centro cirúrgico para a saúde da mulher no município. “Com a inauguração da sala de cirurgia ganhamos o espaço para realizar mais essa especialidade, as pequenas cirurgias de ginecologia e a realização do vídeo histeroscopia, dois procedimentos com uma demanda reprimida, que antes dependíamos de vagas em outros municípios parceiros. Nossas mulheres ganham muito, porque além de ter mais rapidez na marcação dos procedimentos, não precisam se deslocar para fora do município. Estamos também nos preparando para começar a fazer as cirurgias de laqueadura tubária, através do Programa de Planejamento Familiar”, destacou Rafaela.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document