segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Candidatas a patrimônio

Candidatas a patrimônio

Matéria publicada em 13 de dezembro de 2018, 23:08 horas

 


Angra dos Reis recebeu, nesta semana, duas importantes reuniões de apresentação da proposta de candidatura a Patrimônio Mundial do primeiro sítio misto brasileiro na categoria ambiental e cultural – Paraty e Angra dos Reis: cultura e biodiversidade, título conferido pela Unesco.

***

A primeira aconteceu na segunda (10), pela manhã, no Centro de Estudos Ambientais (CEA), na Praia da Chácara, e a segunda, no final da tarde, no auditório do Inea, na Vila do Abraão, na Ilha Grande.

***

Participaram dos encontros representantes das Prefeituras de Angra e Paraty, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Ministério da Cultura,  Ministério do Meio Ambiente, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), além de comerciantes e moradores locais.

***

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Rabello,  os moradores compreenderam, aceitaram e aplaudiram a proposta de candidatura da Ilha Grande ao lado de Paraty como patrimônio cultural e natural da humanidade.

***

“Eles entenderam que isso vai beneficiar a ilha, porque será necessário, após o reconhecimento, um plano de gestão em que estarão envolvidos os Governos Federal e Estadual e a Prefeitura. Os moradores viram isso como um aceno para a solução de problemas históricos da Ilha Grande”, explicou.

 

Secretaria

O secretário informou ainda que para organizar e participar desse plano de gestão, a Prefeitura decidiu criar a Secretaria Especial da Ilha Grande: “Ao longo das próximas semanas, vamos ouvir os moradores de todas as localidades da Ilha Grande para determinar prioridades e um plano de médio e longo prazo para desenvolvimento econômico e sustentável da Ilha Grande, baseado no turismo, na pesca e na maricultura”, destacou Rabello.

No encontro, os moradores da Ilha Grande apresentaram propostas que foram registradas e serão incluídas no escopo do projeto de criação da Secretaria Especial da Ilha Grande, que está sendo coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

 

Reconhecimento

A arquiteta do Iphan,  Candice Ballester, explicou que o reconhecimento como patrimônio mundial é um compromisso, pois implica na valorização, promoção e gestão compartilhada do bem.

– O Brasil possui, atualmente, 27 bens, 14 sítios do Patrimônio Cultural e 13 do Patrimônio Natural. Para nós, é um desafio trabalhar neste projeto, que é uma candidatura inédita de um sítio misto na categoria ambiental e cultural – Paraty e Angra dos Reis – destacou a técnica do Iphan.

 

Dossiê

O processo de construção de candidatura começou com a preparação técnica do dossiê, entregue à Unesco em janeiro de 2018. Após a avaliação de especialistas do Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (Icomos) e da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), esses organismos, por meio de seus especialistas, elaboraram um relatório que vai subsidiar a análise do Comitê do Patrimônio Mundial.

 

Expectativa

A expectativa é que este sítio formado por Angra e Paraty receba o título na próxima reunião do Comitê do Patrimônio Mundial, que vai ocorrer de 30 de junho a 10 de julho de 2019, em Baku, no Azerbaijão.

 

Portal

A Secretaria de Fazenda e Planejamento do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ) lançou nesta quinta-feira (13/12) o novo Portal de Compras do Estado do Rio de Janeiro, que trará mais transparência, maior efetividade, ferramentas mais modernas e amplo acesso por parte do cidadão às compras públicas estaduais.

 

Acompanha

Pelo Portal, qualquer pessoa pode acompanhar o uso dos recursos públicos e consultar as atas e os contratos, analisando todas as fases de contratação.  O acesso também ficou mais simples para o fornecedor do Estado.

 

Nova mesa

A Câmara Municipal de Piraí elegeu na noite de quinta-feira (dia 13), durante sessão extraordinária, a nova Mesa Diretora para o exercício de 2019 e 2020. Por seis votos a cinco, Alex Joaquim (PP) foi eleito presidente do Legislativo.

 

Cargos

Ele concorreu à presidência com o vereador Luiz Fernando Colucci Júnior, o Júnior Dentista (PDT). Mário Hermínio (MDB) foi eleito 1º vice-presidente, também com seis votos, contra os cinco votos de José Paulo Carvalho de Oliveira, o Russo (Avante).

 

Discurso

Em seu discurso, o futuro presidente falou da importância do diálogo entre os poderes do município. “Quero deixar as portas abertas para o diálogo. Acho muito importante o Executivo se aproximar desta Casa”, destacou Alex Joaquim. A eleição da Mesa Diretora foi a única matéria da sessão extraordinária desta quinta-feira. Os eleitos assumem as funções em 1º de janeiro de 2019, conforme preveem a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Casa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document