sábado, 16 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Com cautela

Com cautela

Matéria publicada em 27 de outubro de 2019, 23:31 horas

 


O presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, mostrou cautela ao falar com investidores durante a teleconferência que discutiu os resultados da empresa no terceiro trimestre.
***
Ele disse, por exemplo, que vai concentrar esforços em reduzir a alavancagem da empresa.
***
Isso acontece depois de, durante um ciclo de expansão de operações, a empresa se endividar para investir e mesmo adquirir outras empresas.
***
Agora, a meta é trazer esse índice para duas vezes o Ebitda, que mede a capacidade da empresa de gerar caixa.
***
O prazo dado por Steinbruch é 2020.
***
Detalhe: o presidente da Companhia mostrou que gosta mesmo é de ampliar a empresa: disse que, com a alavancagem sob controle, vai retomar projetos de investimento.

 

Detalhe
A CSN tem ambiciosos projetos imobiliários para Volta Redonda. Com o endividamento sob controle, é bem possível que essas iniciativas saiam do papel.

Granizo
O governador Wilson Witzel visitou, neste domingo (27/10), a região de Austin, em Nova Iguaçu, a mais atingida pela chuva de granizo da última sexta-feira (25/10). Em reunião com o prefeito da cidade, Rogério Lisboa, Witzel prestou sua solidariedade e colocou a estrutura do Governo do Estado à disposição da cidade para minimizar os danos causados aos moradores.

Contato
Desde o início da tempestade, a Secretaria de Estado de Defesa Civil está em contato direto com as autoridades municipais. Quase 4 mil famílias já receberam lonas para proteger suas casas. Nesta segunda-feira (28/10), o governador e o prefeito vão se reunir com produtores de telhas para comprar 100 mil unidades.

Telhas
“Amanhã, nós vamos trabalhar para comprar as telhas e ajudar essas pessoas a reconstruírem as suas casas. Continuaremos acompanhando a situação climática para, se for o caso, abrigar essa população em um local seguro, com kit dormitório. No total, vamos doar 15 rolos de lonas com 100 metros cada para evitar que os moradores percam ainda mais bens antes da colocação das telhas. Nossa Defesa Civil vai ajudar cerca de 10 mil famílias”, disse o governador.

Documentos
A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos está realizando a emissão de documentos, além de disponibilizar colchonetes e cestas básicas para as famílias que perderam tudo. O RioSolidario, obra social do Estado do Rio de Janeiro, também realiza, desde sábado, campanha de arrecadação de materiais de construção e de limpeza. Até a próxima quarta, o RioSolidario recebe as doações em sua sede, na Travessa Euricles de Matos, 17, em Laranjeiras. Os materiais serão encaminhados à Secretaria de Assistência Social do município.

Ajuda a circo
Witzel determinou ainda que as secretarias de Ciência e Tecnologia e de Cultura auxiliem o Circo Monte Carlo Show, em Mesquita, que teve a lona e assentos danificados.

Homicídios
Políticas de Prevenção de Homicídios da Juventude Negra será o tema de audiência das comissões de Educação, Direitos Humanos e Especial da Juventude da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta terça-feira (29/10). A reunião será às 11h, no Auditório Senador Nelson Carneiro, 6º andar do prédio anexo ao Palácio Tiradentes.

Números
De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) no primeiro trimestre de 2019, 27,29% dos mortos pela polícia no Rio eram negros, 51,15% eram pardos e 13,07%, brancos. “Nos últimos anos é crescente o número de mortes de jovens negros no estado e o perfil deles é muito comum. Muitos estão afastados da escola e de outras políticas públicas que garantam a eles direitos sociais básicos. Queremos com essa reunião pensar em políticas públicas para reverter esses dados”, explicou o presidente da Comissão de Educação da Alerj, deputado Flávio Serafini (PSol).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document