terça-feira, 23 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Começou

Começou

Matéria publicada em 9 de maio de 2019, 22:44 horas

 


A CSN e o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense começam a negociar nesta sexta-feira (10) o acordo coletivo 2019/2020.

***

A primeira reunião acontece cerca de duas semanas depois que o sindicato entregou a pauta de reivindicações à empresa.

***

Em geral, a primeira reunião é de entendimento da pauta, em que as dúvidas sobre as reivindicações são esclarecidas.

***

Depois disso, vêm as primeiras propostas, que podem ser rejeitadas ainda na mesa ou levadas aos trabalhadores.

 

 

Comemora

A AMABA- Associação de Moradores do Bairro Açude comemorou os dois anos de mandato do seu presidente Alan Cunha, diretor administrativo, Wéllison Carlos com a presença do grupo de apoio de voluntários. A diretoria foi eleita em 23 de Abril de 2017 e tomou posse em 30 de Abril do mesmo ano. O evento promovido pela AMABA- Associação de Moradores do Bairro Açude, “Açude em Ação”, também comemorou os 36 anos de fundação da entidade comunitária.

 

Agradece

Alan Cunha destacou as ações que tem implementado: “São diversos relatórios detalhados com os problemas diários da comunidade e protocolados nas secretarias de cada competência; campanhas de conscientização e a criação do projeto baú da AMABA que visa disponibilizar fotos que retratam tempos culturais e históricos do Açude, através de uma campanha para captação de imagens, vídeos, fotos e documentos da história da comunidade, e que destaca cada cidadão que tenha contribuído para o desenvolvimento da localidade,” disse.

 

Contas

Já o diretor administrativo, Wéllisson Carlos, através do conselho fiscal, prestou contas com a realização da leitura de toda a movimentação financeira da associação, e, explicou que: “Toda a arrecadação é aplicada diretamente nas reformas das sedes da AMABA.” Ele também disse impressionado com o comparecimento, cada vez mais, com o maior numero de pessoas aos eventos.

 

Incentivos I

A Comissão de Tributação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizará audiência pública para discutir o projeto de lei 4.187/18, que determina metas de desempenho para que o Governo do Estado conceda incentivos fiscais. A reunião acontecerá nesta sexta-feira (10/05), às 11h, na Sala 311 do Palácio Tiradentes.

 

Incentivos II

Segundo a proposta, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) será encarregado de avaliar anualmente todos os benefícios fiscais concedidos às empresas. Caso 75% das metas estabelecidas para concessão do incentivo não sejam cumpridas por três anos consecutivos, o TCE deverá recomendar à Alerj a extinção do benefício. O projeto já foi discutido em plenário e recebeu 33 emendas dos parlamentares.

 

Incentivos III

“É necessário avaliar a eficiência dos programas que envolvam a concessão de incentivos fiscais e estabelecer metas de desempenho. Quanto menos incentivo fiscal sem controle, melhor para o Estado do Rio. Mesmo com toda a crise financeira, o Estado do Rio concede por ano mais de R$ 10 bilhões em beneficio fiscal”, destacou o presidente da comissão e autor da projeto de lei, deputado Luiz Paulo (PSDB). Foram convidados para a audiência representantes das Secretarias de Estado de Casa Civil e de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda, além de integrantes da Fecomércio, Firjan, Codin e Age Rio.

 

Combustíveis

Entre 2016 e 2018 foram registrados 187 casos de roubos e furtos de dutos de combustível no Estado do Rio de Janeiro, a maioria na Baixada Fluminense, nos municípios de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Magé. No que se refere a cargas com combustíveis, os levantamentos mostram que são roubados 15 milhões de litros por ano no estado.

 

Sonegação

Além desses delitos, há o problema da sonegação fiscal. Somente no mercado desse tipo de produto, o Rio de Janeiro perde R$ 10 bilhões anuais. Os dados foram divulgados durante audiência pública conjunta da Comissão Especial do Plano Estadual de Segurança Pública e Desenvolvimento Social e da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Roubo de Cargas da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), realizada nesta quinta-feira (09/05), na Casa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document