quinta-feira, 15 de abril de 2021 - 09:05 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / De saída

De saída

Matéria publicada em 1 de abril de 2021, 15:08 horas

 


O radialista Dário de Paula vai tirar seu programa da Rádio Sul Fluminense, embora seja sócio da mesma.

***

Fechou com outra rádio local.

***

Irá para a Rádio Sintonia do Vale.

***

Até o fim de abril, no entanto, ele permanece na emissora atual.

Mistério

Surpreendida com a decisão do radialista e sócio da emissora, a direção da Nova sul Fluminense já prepara uma nova atração para o horário. Em breve será divulgado o nome do comunicador que ocupará as manhãs na 96,1 FM e 1390 AM.

Mudanças na direção

As alterações no Código Nacional de Trânsito que constam da lei sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em 13 de outubro do ano passado, entram em vigor no dia 12 de abril. As alterações são as seguintes:

 

Habilitação

O prazo para a renovação da CNH e dos exames de aptidão física e mental, muda para: a) 10 anos para condutores com menos de 50 anos; b)  5 anos para condutores com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos; c)  3 anos para condutores com 70 anos ou mais.

Pontos na CNH

A Lei prevê limites diferentes de pontuação na carteira de motorista, antes da suspensão, no prazo de 12 meses: a)  40 pontos para quem não tiver infração gravíssima; b)  30 pontos para quem possuir uma gravíssima; c)  20 pontos para quem tiver duas ou mais infrações do tipo.

Os motoristas profissionais terão 40 pontos de teto, independentemente das infrações cometidas.

Cadeirinha

Obrigatoriedade do uso dos dispositivos de transporte para crianças de até 10 anos que ainda não atingiram 1,45 m de altura. Os dispositivos devem se adequar à idade, peso e altura da criança, conforme regulamentação do Contran.

O descumprimento será considerado infração gravíssima.

Exames toxicológicos

É obrigatório de exames toxicológicos para motoristas das categorias C, D e E.

Menores de 70 anos deverão se submeter ao exame a cada dois anos e meio, independentemente da validade da CNH.

Recall

A Lei torna o recall das concessionárias – convocação de proprietários para reparar defeitos constatados nos veículos – uma condição para o licenciamento anual do veículo

Cadastro positivo

Fica criado o Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC), em que serão cadastrados os condutores que não tenham cometido infração de trânsito sujeita a pontuação nos últimos 12 meses.

O cadastro positivo vai possibilitar que estados e municípios concedam benefícios fiscais e tarifários aos condutores cadastrados.

Escolas de trânsito

Criação de “escolas públicas de trânsito” para crianças e adolescentes com aulas teóricas e práticas sobre legislação, sinalização e comportamento no trânsito.

Penalidade de advertência

Para infrações leves ou médias deve ser imposta a penalidade de advertência por escrito, em vez de multa, se infrator não tiver cometido nenhuma outra infração nos últimos 12 meses.

Faróis

Será obrigatório manter os faróis acesos durante o dia, em túneis e sob chuva, neblina ou cerração, à noite e durante o dia em rodovias de pista simples.

Sem desculpa

O pessoal que tem o hábito de “esquecer a carteira, com o cartão dentro” na hora de dividir a conta com os amigos, está ficando sem desculpas. Com o PIX, é possível entrar no aplicativo do banco e transferir dinheiro na hora. E agora, o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp também vai fazer transferências de dinheiro. E há quem diga que, em pouco tempo, as maquininhas dos estabelecimentos vão aceitar também reconhecimento facial.

Aí, já era: dá para esquecer a carteira e o celular, mas ninguém esquece a cara em casa.

Orçamento do Idoso

Foi publicado, nesta quinta-feira (01/04), o Decreto 47.552/21, regulamentando o “Orçamento do Idoso”, criado pela Lei 8.508/19. A norma detalha a elaboração e estabelece o dever de dar publicidade à rubrica, que é a soma dos gastos orçamentários destinados exclusivamente à população com mais de 60 anos de idade.

Relatório

O decreto estabelece que o Poder Executivo deverá produzir e publicar relatório sobre este recursos, anexado em todas as fases da elaboração orçamentária do governo, contendo a diferença entre a previsão e a execução do ano anterior e do atual (ambas em valores brutos e percentuais). O relatório deverá ser publicado no Portal da Transparência quadrimestralmente. Ele passará a ser produzido com o primeiro projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) após a regulamentação da lei.

Objetivo

“A lei busca amenizar os obstáculos que distanciam o entendimento da execução do orçamento público pela população. A criação de orçamentos temáticos, como o caso do Orçamento do Idoso, tem por objetivo facilitar o acesso e a compreensão da informação pública”, declarou a deputada Rosane Félix (PSD), autora da Lei 8.508/19.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

12 comentários

  1. Avatar
    Jose Agripino Rolla

    Óbulo de São Pedro , deu esta dado.

  2. Avatar

    Está estranho isso.
    Tem caroço nesse angú, caroço dos dois lados.

  3. Avatar

    Nem a Sintonia do Vale nem a Sul Fluminense são locais, pois cada uma é de uma cidade diferente, Barra do Piraí e Barra Mansa, respectivamente.

  4. Avatar

    Esse senhor é um patético bolsonarista. Que faz parte daquele grupo de classe média que se acha rico.

  5. Avatar

    Eu contribuí para ajudar evangelizar mais cristãos. Agora a rádio vai ajudar evangelizar mais netistas. Fui enganado por propaganda enganosa. Será que cabe reclamar no Procon?

    • Avatar

      Quero a minha contribuição de volta com juros e correção monetária. O bispo Biassim me enganou bem.

  6. Avatar

    E de lembrar que no passado eu contribui e ajudei a trazer outros irmãos católicos a contribuirem financeiramente também, para a aquisição da rádio pela nossa Diocese, para hoje a gente ver a nossa rádio dar voz a bolsonarista, é de dar asco.
    Onde isso vai parar?

    • Avatar
      EDMUR FERREIRA DA SILVA

      Pensou que a rádio, assim como a comunidade, seria esquerdopata para sempre?
      Foi-se o tempo em que as CEBs obedeciam cegamente o bispo diocesano.
      20 anos de petismo no poder abriu os olhos de muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document