ÔĽŅ Demandas na Suser - Di√°rio do Vale
quarta-feira, 15 de agosto de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Demandas na Suser

Demandas na Suser

Matéria publicada em 12 de novembro de 2017, 06:00 horas

 


mosaico

Na √ļltima semana, o vereador pastor Washington Uch√īa (PRB) esteve na Suser (Superintend√™ncia dos Servi√ßos Rodovi√°rios) conversando com o funcion√°rio Ronaldo Antonio Bento sobre as condi√ß√Ķes dos √īnibus da cidade, acessibilidade e sinal sonoro.

***

Uma das quest√Ķes abordadas pelo vereador, foi sobre uma solicita√ß√£o dos motoristas e cobradores do ponto final do bairro Ponte Alta. Eles pediram uma mesa para que pudessem almo√ßar fora da cabine que tem no local. Bento disse que vai analisar a ideia junto com o presidente da Suser, Wellington Nascimento Silva, e que uma poss√≠vel solu√ß√£o seria uma mesa tipo de bar, para que pudesse ser utilizada e guardada no fim do dia.

***

Outro ponto abordado pelo vereador foi sobre a m√° conserva√ß√£o das frotas de √īnibus que circulam pela cidade. ‚ÄúAcho que deveria aumentar a puni√ß√£o em caso de √īnibus quebrados para for√ßar a empresa a colocar ve√≠culos em boas condi√ß√Ķes nas ruas da cidade. A popula√ß√£o merece esse respeito‚ÄĚ, disse Washington, ressaltando que, infelizmente, ainda √© baixo o n√ļmero de √īnibus com acessibilidade.

Possível solução
Segundo Ronaldo Antonio Bento, o Transporte Cidad√£o deveria suprir essa falta, mas isso n√£o acontece.
A Suser lançará ainda, em breve, uma campanha solicitando que o cidadão ajude a fiscalizar a situação dos veículos, denunciando através, inclusive, do WhatsApp da Ouvidoria.

Sonoro
Por fim, o vereador ressaltou a necessidade de instalação do sinal sonoro nos semáforos da cidade. O funcionário da Suser afirmou que a solicitação já foi colocada no orçamento de 2018 e que a intenção é instalar, no ano que vem, sinal sonoro em todos os semáforos de Volta Redonda.

Agenda lotada
A quinta-feira (08) foi um dia agitado para o prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, e seu secretário de Governo, Marcos Veníssius.
Foram diversas reuni√Ķes em Bras√≠lia em v√°rios minist√©rios e √≥rg√£os p√ļblicos com o intuito de buscar recursos e servi√ßos para o munic√≠pio.
Os encontros aconteceram na Caixa Econ√īmica Federal (CEF) e nos minist√©rios da Cidade e da Integra√ß√£o Nacional.

Agenda lotada II
Na CEF a agenda aconteceu pela manh√£. A pauta do encontro foi v√°rios contratos firmados com a CEF, na ordem de R$ 36 milh√Ķes, que ainda esperam libera√ß√£o.
O prefeito pediu celeridade e mostrou a import√Ęncia dessa ajuda para Angra dos Reis.
Além disso, Fernando Jordão pediu a inclusão da cidade em novos programas do Governo Federal, como exemplo o Cartão Cidadão, entre outros.
Outra reuni√£o aconteceu no Minist√©rio das Cidades para tratar tamb√©m de conv√™nios: as obras de saneamento no Parque das Palmeiras, no valor de mais de R$ 9 milh√Ķes, e o sistema de esgotamento sanit√°rio do Parque Mambucaba, uma obra de R$ 36 milh√Ķes. No primeiro, o prefeito solicitou a prorroga√ß√£o do contrato para a conclus√£o das obras e no outro, a prorroga√ß√£o do in√≠cio do contrato para apresentar um novo projeto a ser executado ainda em 2018.

Agenda lotada III
No Ministério da Integração Nacional a reunião também foi com o ministro e foi pedida a prorrogação do Termo de Referência das obras de contenção.
Neste encontro, o prefeito tamb√©m pediu a instaura√ß√£o de inqu√©rito para apurar a m√° utiliza√ß√£o dos recursos p√ļblicos pelo antigo gestor do munic√≠pio.

Visita
Na companhia do prefeito de Barra do Pira√≠, M√°rio Esteves, do vice-prefeito Jo√£o Camerano, al√©m de vereadores e lideran√ßas comunit√°rias, inclusive o presidente da Comiss√£o de Sa√ļde da C√Ęmara Municipal, vereador Pedrinho da ADL, o deputado Alexandre Serfiotis visitou a Santa Casa.
Eles foram recebidos pelo administrador da Unidade de Sa√ļde, Ivan Borges. Na oportunidade foram entregues a pacientes pedidos de exames agendados para realiza√ß√£o. A Santa Casa vem passando por obras para revitaliza√ß√£o dos espa√ßos, em especial o terceiro andar da institui√ß√£o, e segundo o parlamentar estas reformas “proporcionar√£o mais comodidade e conforto aos usu√°rios dos servi√ßos da entidade, trazendo melhoria na qualidade do atendimento”.

Um coment√°rio

  1. ōßŔĄŔĀō™ō≠ - ōßŔĄŔąōļōĮ

    J√° se v√£o quase 4 meses desde o √ļltimo aumento da passagem, o qual foi condicionado √† renova√ß√£o da frota em 10%, n√ļmero rid√≠culo frente √† necessidade, diga-se de passagem… Pois bem, nem mesmo esse n√ļmero rid√≠culo est√° sendo cumprido. Est√° esperando o que para cobrar, Samuca! Governo √© feito com di√°logo sim, mas tamb√©m com pulso, sob pena de parecer um banana, um t√≠tere que ningu√©m respeita…

    J√° tivemos no passado a frota mais nova e diversificada da regi√£o, com as passagens mais baratas. Hoje √© o contr√°rio. Ve√≠culos padronizados como na antiga URSS, sucateados, velhos, e mesmo quando novos parecem velhos por falta de manuten√ß√£o adequada. Falta de cumprimento dos hor√°rios, motoristas praticando dire√ß√£o ofensiva, sujeira completando anivers√°rio dentro dos ve√≠culos, bancos soltos, falta de corda da campainha (at√© corda de varal resolveria), ve√≠culos barulhentos, corrim√£os partidos ou com parafusos salientes, colocando em risco a integridade f√≠sica e sa√ļde dos passageiros. Isso tudo √© elevado √† en√©sima pot√™ncia na VIA√á√ÉO SUL FLUMINENSE. Conv√©m ressaltar que a Agulhas Negras teve suas linhas municipais cassadas por muito menos, j√° que seus √īnibus eram bons e cumpriam minimamente os hor√°rios estabelecidos. A pol√≠tica √© um jogo de interesses e vaidade muito sujo…

Untitled Document