terça-feira, 13 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Dialogando com a Light

Dialogando com a Light

Matéria publicada em 17 de outubro de 2018, 22:25 horas

 


O prefeito Samuca Silva e uma equipe da prefeitura se reuniram na manhã desta quarta-feira, dia 17, com representantes da concessionária de energia Light no gabinete do Palácio 17 de Julho.

***

O encontro foi realizado para que a empresa de energia apresentasse uma proposta de renegociação da dívida do poder executivo com a concessionária.

 ***

O prefeito solicitou a formalização da proposta por parte da empresa, para que o documento siga para aprovação da Câmara Municipal.

***

De acordo com Samuca Silva, os valores iniciais apresentados e o prazo de reparcelamento da dívida foram acordados, faltando apenas alguns detalhes para a formalização.

 ***

“Estamos em busca de uma proposta que permita um desembolso financeiro menor para a prefeitura e propõe a quitação das dívidas do governo municipal junto à concessionária. Estamos avançando com bastante diálogo e trabalhando para tornar a máquina pública mais eficiente”, afirmou o prefeito.

***

O assessor da presidência da Light, Raimundo Santa Rosa, explicou que falta pouco para a conclusão das negociações, ressaltando a importância do diálogo entre as partes.

 ***

“É sempre um prazer estar nessa cidade. Com esse prefeito e essa equipe, a gente sempre chega a um denominador comum. Demos um salto muito grande e vamos continuar avançando”, acrescentou Raimundo Santa Rosa, que esteve acompanhado da coordenadora do Poder Público da Light, Aline Silveira.

 

Parcerias

A reunião teve ainda espaço para uma conversa entre os representantes da Light e os secretários municipais sobre possíveis parcerias para a implementação de projetos da concessionária, como o Light Recicla, visando abatimento no valor de contas de energia através da coleta de material reciclável, e programas sobre energia fotovoltaica (obtida por meio de luz solar).

 

Eficiência

“E temos com uma importante ação de eficiência energética no município. São 90 escolas em que estamos trocando as lâmpadas tradicionais por lâmpadas de LED, que são mais eficientes. Começa hoje também uma ação de troca de lâmpada no Hospital São João Batista (HSJB), onde também haverá troca de clusters (conjunto de computadores para melhorar a eficiência)”, citou o assessor.

 

Presentes

Participaram da reunião os secretários de Fazenda, Fabiano Vieira, e de Administração, Carlos Baía, e sua subsecretária Priscilla Cunha, o controlador geral do município, Carlos Rosa, o procurador geral, Dr. Augusto Nogueira, além do subsecretário de Planejamento, André Luiz Soares.

 

Vistoria

A vistoria de veículos no Estado do Rio pode ter regras alteradas. O objetivo é reduzir o número de inspeções em automóveis novos. É o que determina o projeto de lei 2.057/13 que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (17/10), em primeira discussão. O texto ainda precisa ser votado em segunda discussão pela Casa.

 

Prazos

A nova proposta estabelece que os automóveis zero quilômetro só precisem realizar a primeira inspeção a partir do terceiro ano da data de emissão da nota fiscal. Os veículos que tenham entre três e cinco anos, só precisarão realizar outra vistoria a partir do quinto ano do automóvel. Já os veículos que tenham mais de cinco anos precisarão realizar anualmente a inspeção.

 

Limites

A nova norma só valerá para os veículos leves de propriedade de pessoas físicas. Os cidadãos também poderão realizar a vistoria em qualquer tempo, mas terão que arcar com os custos do serviço caso não esteja no prazo da realização da inspeção.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. ACHO QUE ELE DEVERIA PEGA UM POUCO COM CSN PARA QUE VAI FICA COM ESCRITORIO CENTRAL PORQUE A ENERGIA VEM DA CSN.ISSO E BOM NEGOCIO,ESSA FALTA DE ENERGIA FOI JOGADA POLITICA,SÓ PARA ATRAS O PAGAMENTO DOS SERVIDORES PORQUE TEM MUITO RPA,CARGO COMISSIONADO DENTRO DA PREFEITA SÓ QUE E BOBO PARA ACRETIDA NESTA METIRA.

  2. Lá vem mais juros sobre o REparcelamento. Juros que não são investidos na cidade.

    O Samuca devia multar a light pela destruição das árvores abaixo da fiação, além de criar um imposto dos postes em vias públicas. Poderia ser IPPE – Imposto sobre a Propriedade de Poste de Eletrificação semelhante ao IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

    Se o cidadão tem de pagar imposto de sua propriedade (o carro) em vias públicas, a Light devia pagar tbm dos postes de sua propriedade em via pública, muitos deles no meio das calçadas dos pedestres.

    • Pagador de impostos

      Concordo. Alguma coisa precisa ser feita nesse sentido. A equipe de mutilação de árvores da Light, (mutilação sim, pois chamar o que fazem nas árvores, de poda, é no mínimo agredir o idioma) precisa ser convocada pelo meio ambiente da PMVR para que suas práticas sejam revistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document