sábado, 17 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Direitos da criança e adolescente

Direitos da criança e adolescente

Matéria publicada em 6 de novembro de 2018, 21:37 horas

 


A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos realizou nesta terça-feira (06), a 10ª Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente, no auditório do Sest Senat, no bairro Barbará.
***
O evento que acontece a cada dois anos, teve como objetivo principal construir propostas voltadas para afirmação de princípios da proteção integral da criança e dos adolescentes, além de discutir e deliberar propostas para a conferência estadual, que ainda não tem data definida para ser realizada.
***
Para a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ruth Coutinho, a conferência é um espaço para fortalecer o dialogo entre os órgãos e as entidades tentando contribuir com um futuro melhor renovando a esperança das crianças e adolescente. “A prioridade absoluta são para eles. Esse direito e proteção ainda engatinha, por isso a necessidade desse trabalho”, frisou Rutinha, garantindo que esse é um grande desafio, mas o trabalho tem que ser constante.
***
Quem também esteve presente na conferencia, foi a vice-prefeita, Fátima Lima, que afirmou que o Ministério Público e o Conselho Tutelar são órgãos importantíssimos para o desenvolvimento de uma política voltada aos direitos das crianças e adolescentes.
***
“Muitas vezes as crianças e os adolescentes passam por situações de dificuldades, mas a pureza da criança faz com que eles enxerguem a vida bonita. Nós temos o dever e o compromisso para tornar a vida deles melhor”, assegurou.

Objetivos
Segundo Fátima, a conferência visa a discussão sobre proteção, diversidade e o enfrentamento da violência contra a criança e o adolescente. “O município de Barra Mansa, durante este governo, está reconstruindo as políticas públicas, estamos focados nas crianças e nos adolescentes em situação de vulnerabilidade nas ruas ou até mesmo em casa”, informou a vice-prefeita, lembrando que atualmente o município tem cinco escolas municipais trabalhando a educação em tempo integral, o que ajuda a minimizar a chance de ser um alvo da violência.

Eixos
De acordo com a representante de direitos da Secretaria de Educação, Marta Coslovisky, cinco eixos para a conferência estadual foram definidos pelo Governo Federal e pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda). “Estamos com muitas propostas para a Conferência, porém o eixo principal de hoje é tirar propostas sobre o que o município quer fazer em benefício das crianças e os adolescentes”, contou.

Envolvimento
Ainda segundo a representante, todos os órgãos que lidam com direitos humanos no município estão envolvidos. “Essa união é uma força que ajuda na estratégia de ações voltadas ao enfrentamento da violência, potencializando ações orçamentárias para desenvolver a política pública da criança e adolescente e fortalecer a política de uma maneira geral” expressou.

Interlocução
A coordenadora da Casa dos Conselhos, Silvia Ribeiro, explicou que órgão atua no auxilio para que aconteçam as reuniões, na estrutura dos conselhos dos direitos humanos e, hoje, atua como um equipamento ligado a secretaria de assistência social. “Nossa principal função é atuar em conjunto com os Conselhos de Direitos. Estamos junto fazendo interlocução entre o problema e uma possível solução”, explicou a coordenadora.

Dados
A Vigilância Socioambiental apresentou dados desde 2013, até 2018. Segundo a coordenadora Daniele Vaz, os maiores registros são para os casos de negligencia e de violência. Ainda de acordo com Daniele, o município atua nesses casos por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Conselho Tutelar. “Hoje estamos tentando acionar a delegacia do município pra que eles repassem os casos que são do conhecimento deles e a gente entra com a intervenção”, explicou a coordenadora.

Prêmio
A Câmara Municipal de Resende concedeu ao artista resendense Davi Augusto Pereira, 27 anos, o Prêmio Engenheiro Eitel César Fernandes, primeiro colocado no 46º Salão da Primavera de Resende, com a obra contemporânea intitulada “Morgana”, que utiliza a técnica mista. A entrega do certificado foi realizada ontem à noite, pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Joaquim Romério de Almeida (MDB), aos pais do ganhador, que não pôde comparecer à abertura do evento.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. comecei a trabalhar treze anos nem por isso morri hoje sou aposentado.na minha época não tinha mordomia não .hoje os filhos querem do bom e do melhor mas não querem ajudar sua mãe dentro de casa.
    vai ai uma dica para o conselho tutelar porque não cria uma rotina de ronda na cidade onde muitos jovens e adolescentes estão dentro dos bares bebendo fumando brigando roubando etc… só vejo que os coitadinhos não podem trabalha não pode fazer nada .como diz o meu sogro (mi pop) houve um ato de vandalismo na porta da casa de minha prima ela foi falar com eles e eles responderam (o tia a justiça nos ampara ai tinha um outro garoto mais educado e disse tia deixa comigo porque a justiça me ampara também colocou todos para correr nunca mais voltou lá)

    • Bolsominion de cidade-operária

      13 anos é idade para se estudar, e não trabalhar. Veja seu caso, se estivesse estudado, teria aprendido a usar pontuação ao escrever.

    • pois é e hoje é só

    • talvez não a pontuação não esteja correto mas aprendi a respeitar e ser respeitado tenho meu carro minha três casas uma família abençoada tudo com meu suor nunca em prensei minha mãe para me dar nada trabalhei e venci agora é su a vez.

  2. Dá deveres também pq essa turma tá mto folgada. Acham q podem tdo, nao tem ninguem pra corrigir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document