sábado, 21 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Erros na declaração

Erros na declaração

Matéria publicada em 24 de abril de 2019, 22:31 horas

 


As pessoas que receberam dinheiro da Prefeitura de Barra Mansa em 2018 precisam rever suas declarações.
***
A prefeitura informou em nota oficial que, devido a falhas no sistema operacional da folha de pagamento, foram detectados erros nas informações da Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF).
***
Segundo a prefeitura, a empresa responsável pelo sistema já foi notificada e os problemas foram solucionadas.

Conselho
A prefeitura recomenda que os contribuintes verifiquem a situação da sua declaração de imposto de renda, junto à Receita Federal, a fim de evitar problemas. Se houver alguma pendência ou dúvidas, procure o RH da Prefeitura e retire a DIRF regularizada.

Parlamento juvenil
A 12ª edição do Parlamento Juvenil, programa em que jovens de todo o estado vivem a experiência de ser um deputado da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) por uma semana, será lançada nesta quinta-feira (25/04). Para participar das atividades na Casa, os estudantes precisam passar por um processo eleitoral em suas escolas e municípios.

Inscrições
A partir do dia 6 de maio, alunos do 1º e 2º ano do Ensino Médio da rede estadual de ensino, entre 14 e 17 anos, podem se inscrever por meio do site oficial. A cerimônia de lançamento será realizada às 11h no Auditório Senador Nelson Carneiro, localizado no prédio anexo ao Palácio Tiradentes.

Conceitos
Segundo o coordenador do programa, deputado Renan Ferreirinha (PSB), o Parlamento Juvenil ajuda a amadurecer os importantes conceitos da democracia nos jovens e adolescentes. “É uma grande responsabilidade, que muito me honra e motiva. Há muito tempo, defendo o protagonismo jovem na busca de soluções para os principais desafios do estado do Rio e do Brasil. E essa é uma grande oportunidade. Estamos trabalhando para que esta edição seja inesquecível”, afirmou.

Projetos
Ao fim de cada edição do projeto, os jovens apresentam projetos e lei e votam nos que serão apresentados como sugestões para os deputados. E quatro parlamentares juvenis de anos anteriores já viram suas ideias se tornarem leis estaduais em vigor. Larissa Westfal, de Itaguaí, Ryan Macário, de Nova Friburgo, Mariana Zilda, de Araruama, e Rodrigo Amaral, de Conceição de Macabu, estarão presentes no evento de lançamento para compartilharem suas vivências. Representantes da Secretaria de Estado de Educação, que trabalha em parceria com a Alerj no projeto, também vão participar.

O programa
Criado em 1998 e reformulado pelos próprios parlamentares juvenis de 2015, o Parlamento Juvenil da Alerj é um dos primeiros projetos do Brasil que simula com os jovens o funcionamento do Legislativo. O PJ opera nos mesmos moldes de um parlamento convencional, com direito a escolha da Mesa Diretora, Regimento Interno e votação em plenário.O programa envolve as escolas estaduais dos 92 municípios do Rio, ou seja, mais de 600 mil estudantes. Cada município pode ser representado por um parlamentar juvenil. Exceto a capital, que contará com três representantes, e outras três cidades com maior número de candidatos inscritos válidos, que terão dois eleitos cada.

Capacitação
Antes de assumirem os mandatos, os eleitos em suas cidades passam por capacitações e produzem um projeto de lei que será apreciado na Semana do Parlamento, que este ano acontecerá entre 24 e 30 de novembro. Durante esses dias, os estudantes se reúnem na capital e além de sugerir leis, debatem, vivenciam a Alerj, participam de atividades culturais, aprimoram projetos e podem ver suas ideias adotadas por parlamentares, com potencial para virarem medidas aprovadas pelos deputados e sancionadas pelo governo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document