domingo, 17 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / ‘Escritura Fácil’

‘Escritura Fácil’

Matéria publicada em 29 de outubro de 2019, 23:49 horas

 


O mutirão do programa Escritura Fácil foi lançado pela prefeitura de Volta Redonda no último dia 17 e, desde então, já atendeu mais de 450 pessoas que estão em busca do sonho de regularizar seus imóveis.
*
São mais de 40 mil famílias que residem atualmente em núcleos de posse e que podem ser beneficiadas pelo programa.
*
Nesta terça-feira, dia 29, o prefeito Samuca Silva se reuniu com diversas entidades que podem contribuir para que o sucesso do ‘Escritura Fácil’ seja ainda maior.
*
Estavam presentes representantes do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB), UniFOA (Centro Universitário de Volta Redonda), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Banco do Brasil e do Cartório do 1º Ofício. Além da Procuradoria Geral do Município, COHAB (Companhia de Habitação), Furban (Fundo Comunitário), IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.
*

Aliás
Samuca lembrou que esse é um momento marcante para a cidade e que pela primeira vez o poder público está enfrentando essa situação da regularização fundiária, que é um problema em todo país.
“Nosso objetivo é reconhecer a propriedade de todos que moram nas áreas de posse, garantindo dignidade e respeito a essas pessoas”, afirmou o prefeito.

Projetos
As universidades irão ceder alunos dos cursos de engenharia e arquitetura para auxiliar na criação dos projetos, tudo com a supervisão de profissionais da prefeitura.

Regularizar
Outro assunto abordado foi uma possível flexibilização da legislação para facilitar a regularização desses casos, mas sempre priorizando a segurança das famílias. Para o presidente do CREA, Luiz Antônio Cosenza, o programa merecer ser parabenizado.
“É garantia de qualidade para população. E envolver CREA é muito importante para garantir a segurança dessas famílias”, disse.

Auxílio
A intenção é que a prefeitura auxilie as famílias com renda familiar de até três salários mínimos na elaboração dos projetos das edificações.
O gerente do Banco de Brasil, Alexsandro Amaral, comentou que a agência já oferece muitas linhas de crédito que podem ajudar às famílias que desejam fazer seus projetos por conta própria.

Convênio
Mais municípios assinaram convênios de cooperação técnica com o DER-RJ. Até o momento, são 47 cidades conveniadas ao DER com esse tipo de acordo.
O DER ficará responsável por aprovar e acompanhar os projetos, apresentados pelas prefeituras, além de prestar assessoria técnica a todos.
As prefeituras deverão apresentar os projetos para aprovação junto ao departamento, para cada ação que deseje executar, de acordo com suas prioridades.
Na região, as cidades contempladas são: Porto Real e Barra Mansa

Encontro
Profissionais de fisioterapia e estudantes da área no Médio Paraíba estão convidados para participar do 3º Encontro de Fisioterapia de Volta Redonda na próxima quinta-feira, dia 31. O evento será realizado no Auditório do UGB (Centro Universitário Geraldo Di Biase), campus Aterrado, das 8h às 17h, e as inscrições podem ser feitas até quarta-feira, dia 30, pelo site: bit.ly/fisioterapia-vr.
O encontro de fisioterapia, implantado em Volta Redonda em 2017, foi criado para lembrar o Dia do Fisioterapeuta, comemorado em 13 de outubro.
A organização é da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Cemurf (Centro Municipal de Reabilitação Física), com apoio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Como sempre quem invade tem ajuda de todos os lados agora que trabalha corre atrás para realizar um sonho ou recebe de herança só se f na mão desses políticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document