sábado, 27 de novembro de 2021 - 19:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Folião com os pés no chão

Folião com os pés no chão

Matéria publicada em 10 de março de 2019, 18:55 horas

 


Folião com os pés no chão

O prefeito Diogo Balieiro aproveitou o Carnaval do jeito que gosta: na rua.

*

Diogo pulou praticamente todos os dias junto com os foliões que foram até as festas organizadas pela prefeitura.

*

Dançou, brincou com amigos e atendeu muitos pedidos para fazer fotos com gente de toda idade.

*

No entanto, o prefeito fez questão de ressaltar que para ficar na rua teve antes de “colocar a casa em ordem”.

*

“O ano de 2017 foi muito difícil. Tivemos de trabalhar muito fechado dentro do gabinete, analisando números e balancetes. Com a casa em ordem, conseguimos atender os anseios principais da cidade e podemos andar, que é o que gosto mesmo”, disse.

*

O prefeito ressaltou que mesmo no Carnaval conseguiu atender e conversar com a população sobre a solução de problemas para Resende. “O trabalho não para, mas agora é também de fora para dentro do gabinete. Tem muita coisa para ser feita, não nos iludimos”.

***

Multi Celebração
O prefeito de Barra do Piraí, Mário Esteves, celebrou o aniversário de Barra do Piraí de diversas maneiras.
Participou dos atos oficiais, extraoficiais e ainda fez uma postagem nas redes sociais sobre o hasteamento da bandeira na praça principal.
“Dentro do período da redemocratização brasileira, poucos homens tiveram a oportunidade que, hoje, está no meu coração: governar a cidade que amo, a minha terra querida, Barra do Piraí. Dois mil e dezenove foi o terceiro ano em que a emoção do hasteamento das bandeiras, no 10 de março, se tornou mais especial. Nunca mais os meus olhos verão essa praça do mesmo jeito”, disse.

Benefícios fiscais
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que investiga as causas da crise fiscal do Estado vai se reunir, nesta segunda-feira (11), para discutir a cobrança da dívida ativa. Este será o primeiro tema a ser tratado pelo grupo.
A CPI, que terá prazo de 90 dias, prorrogáveis por até 60 dias, vai investigar também os benefícios fiscais concedidos para empresas que devem ao Estado.

Benefícios fiscais II
A reunião será na sala 311 do Palácio Tiradentes, às 14h.“A dívida ativa no Rio está superior a R$ 77 bilhões, porém, somente R$ 20 bilhões podem ser recuperados. Vamos verificar também nesta CPI, a relação de devedores que continuam recebendo incentivos fiscais”, afirma o presidente da CPI, deputado Luiz Paulo (PSDB).

Convocados
Para a primeira reunião, serão convidados os titulares das Secretarias de Fazenda e Casa Civil, Procuradoria-Geral do Estado, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado e Ministério Publico Estadual.

Previdência na balança
O deputado federal Antônio Furtado lançou uma enquete em sua página no Facebook, para sabe se os seus seguidores são a favor ou contra a reforma da Previdência.
Segundo o pedido de Furtado, quem for a favor deve colocar um “coração” e quem for contra uma “cara irritada” na publicação.

Previdência na balança II
Até agora, o resultado é apertado mas favorável a favor das mudanças.
São 200 corações contra 191 carinhas irritadas.
O parlamentar, como se sabe, é do partido do presidente Jair Bolsonaro, patrono da proposta enviada ao Congresso.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document