domingo, 23 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Fórum de desenvolvimento

Fórum de desenvolvimento

Matéria publicada em 12 de janeiro de 2017, 21:46 horas

 


Prefeitos da Região se reúnem nesta sexta-feira (13), às 10 horas, em Piraí, para o lançamento do Fórum de Desenvolvimento Econômico do Sul Fluminense.

***

O encontro acontecerá no auditório da Secretaria Municipal de Educação de Piraí.

***

Esse encontro é uma continuação de outro, realizado quinta-feira passada (5), no gabinete do prefeito Samuca Silva (PV), na cidade de Volta Redonda.

***

Naquela reunião, onze prefeitos do Sul Fluminense se reuniram para discutir alternativas conjuntas para o desenvolvimento econômico.

***

No primeiro encontro, nasceu a proposta para a criação do Fórum e foi elaborada uma carta conjunta, encaminhada ao Governo do Estado e a Deputados, expondo a preocupação dos gestores municipais.

Presença
O encontro desta sexta-feira contará com a presença do secretário de Estado da Casa Civil, Christino Áureo, que fará uma palestra sobre o programa de incentivos fiscais do Estado.

Incentivo
O prefeito de Piraí, Dr. Luiz Antonio, afirmou que a situação financeira dos municípios da Região é grave e que o incentivo fiscal é essencial para a atração de investimento que possam viabilizar novas receitas para as prefeituras, emprego e renda para a população.

Confirmados
Além do prefeito de Piraí, estarão no encontro os chefes dos executivos e representantes dos municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença, Vassouras e Volta Redonda.

Diretores
Mais de 90 profissionais da educação, entre diretores titulares e adjuntos, participaram na manhã desta quinta-feira (12), de um encontro com o prefeito Diogo Balieiro, a secretária municipal de Educação, Rosa Frech, a presidente do Educar, Alice Brandão, e o diretor pedagógico Mário José Dias, que apresentou a todos a linha pedagógica que deverá ser adotada pelas escolas na atual gestão.
Durante o encontro, realizado no Espaço Z, Diogo Balieiro lembrou que a educação é uma prioridade do governo e que a colaboração diária dos profissionais será fundamental nos próximos quatro anos: “ Educação de qualidade é a base para uma sociedade mais próspera, cidadã e justa. Com esta visão, montamos uma equipe qualificada e muito comprometida com o trabalho e a formação de nossas crianças. Dona Rosa é uma pessoa muito respeitada e de enorme conteúdo técnico. Estou certo de que o grupo que estamos formando hoje à frente de nossas escolas está pronto para nos ajudar a desenvolver um excelente legado educacional para Resende”, disse o prefeito.

Objetivo
De acordo com a secretária Rosa Frech, um dos principais objetivos da linha pedagógica será aproximar as unidades de ensino das comunidades onde elas estão inseridas. Para isso, a Secretaria de Educação vai incentivar o desenvolvimento de projetos interdisciplinares nas escolas, além de dar todo o assessoramento necessário aos profissionais.

Bom sinal I
A Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) viu de maneira positiva a aceleração do ritmo de queda de juros sinalizada pelo Conselho de Política Monetária (Copom). Em nota, a federação afirmou que a redução dos juros não implicou alta da inflação: “Desde outubro, quando se iniciou o processo de redução da taxa de juros, a inflação manteve trajetória cadente, fechando 2016 dentro das metas estabelecidas, algo que não acontecia desde dezembro de 2014. Para 2017, as projeções apontam inflação próxima do centro da meta de 4,5%”, afirmou o texto da Firjan.

Bom sinal II
A Federação considerou o corte de juros acertado e afirmou que ele ajudará a retomada do crescimento: “Diante disso, o Sistema FIRJAN considera acertada a decisão do Copom de acelerar o ritmo de corte da taxa de juros. Esse movimento será crucial à retomada do crescimento. Sua continuidade e intensidade, contudo, dependem da consolidação das reformas fiscais, em especial a aprovação da reforma da previdência e o reequilíbrio das contas públicas estaduais”, conclui a nota.

Bom sinal
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (11) que o acordo de recuperação fiscal do Rio de Janeiro é viável e deve ser assinado até o final da semana que vem. Segundo Meirelles, as contrapartidas pelo governo do Rio ainda estão em discussão e serão anunciadas quando o plano for concluído.

Empréstimos
De acordo com o ministro, também está em estudo a concessão de novos empréstimos ao Rio através de instituições financeiras.Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, o acordo é uma garantia de que o estado terá uma situação financeira equilibrada no futuro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document