sábado, 17 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Habitação e agricultura

Habitação e agricultura

Matéria publicada em 12 de agosto de 2019, 23:27 horas

 


O deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) recebeu, nesta quarta-feira (7), em seu gabinete, em Brasília, a vereadora Rosi Farias, do município de Vassouras, no Rio.

***

Ela veio agradecer os recursos destinados pelo deputado para a construção de casas populares e a compra de máquinas agrícolas. 

***

A vereadora estava acompanhada da Secretária de Assistência Social, Rosa Maria Coelho.

 

Emendas

“A vereadora  Rosi  Farias veio conferir o trabalho que fizemos para fazer chegar ao município de Vassouras duas emendas importantes: uma na área de habitação, no Ministério de Desenvolvimento Regional, e a outra, na área de agricultura. Um total de R$ 550 mil nesta etapa. Para o ano que vem, nós vamos reforçar esses recursos” afirma o deputado.

 

Pedido

Segundo a vereadora, um novo pedido de recursos foi feito ao deputado Christino Áureo em benefício da saúde dos vassourenses.

 

Trem

Um conjunto de iniciativas visando fomentar o turismo em Angra dos Reis será apresentado ao Presidente da República, pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, nesta terça-feira (13). Entre as novidades surge a proposta de implantação de um trem turístico e a duplicação da BR-101, trecho de acesso ao município.

 

Plano

O plano de ações é para potencializar o turismo na região e prevê ainda a construção de um complexo turístico na Marina do São Bento, uma usina de dessalinização de água, criação de estações de tratamento de esgoto, ampliação da pista do aeroporto e construção de um novo terminal de passageiros também estão entre as medidas previstas.

 

Agenersa

A presidente da CPI que investiga as irregularidades na prestação de serviço das concessionárias de energia elétrica Enel e Light, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputada Zeidan Lula (PT), anunciou que vai se reunir com representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para discutir sobre um convênio que amplie a atuação fiscalizadora da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa), cuja atuação hoje é limitada pelas diretrizes estabelecidas pela Aneel. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (12/08) durante audiência pública na Câmara Municipal de Cabo Frio, na Região dos Lagos.

 

Inadimplência

Zeidan lembrou ainda do aumento na inadimplência dos clientes que não podem pagar as contas devido ao acréscimo do índice de desemprego no país. Ela afirmou que pretende reivindicar com representantes da Aneel uma maior adesão de beneficiados pela Tarifa Social. “Precisamos discutir a amplitude dos beneficiários pela tarifa social; quem vai entrar na lista de isenção ou desconto dependendo da renda”, afirmou a deputada.

 

Ordem de despejo

Cinco famílias correm risco de perder suas casas na Rua da Torre, no bairro Unamar, em Cabo Frio, por estarem na faixa de servidão da Enel, ou seja, uma faixa de terreno com largura de 20 metros, que acompanha na superfície o percurso subterrâneo dos dutos de fios elétricos. Segundo Valdelina Conceição da Silva, moradora do local há 17 anos, as casas já existem na região há mais de 30 anos, muito antes da existência da torre da Enel. Atualmente existem seis mil residências na região.

 

Prazo

Os moradores que estão na faixa de servidão receberam a ordem de despejo há 15 dias e têm apenas três meses para deixarem o local. “Para nós, isso tudo é muito difícil. São seis mil casas e ainda temos igreja, comércio. O que a Enel vai fazer com os moradores que ficarão sem casa?”, questionou Valdelina.

 

Conta

A coordenadora do Procon de Cabo Frio, Mônica Bonioli, afirmou que não tinha conhecimento das condições dos moradores da Rua da Torre e que eles devem ser indenizados pela Enel. “Se a comunidade já estava instalada na região quando a Enel chegou, os moradores têm que ser indenizados e a Enel vai pagar essa conta”, afirmou Monica.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document