domingo, 23 de janeiro de 2022 - 16:31 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Mosaico 2.Mar

Mosaico 2.Mar

Matéria publicada em 1 de março de 2015, 17:23 horas

 


Assim como o prometido

No melhor estilo prometi e cumpri, Nelson Gonçalves (PSD) usou o seu perfil no Facebook para informar aos seus eleitores para quais instituições filantrópicas doou o salário referente ao mês de janeiro, quando ocupou de forma temporária uma cadeira na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

*

As entidades beneficiadas foram: Apae-VR, Apadefi-VR, Igreja Santa Isabel (obra social), Casa da Criança, SOS-VR, Instituto Dagaz, Associação dos Portadores de Parkinson Esclerose Multipla e Avc-vr, e Lar dos Velinhos-VR.

*

Não parou por aí. O político destacou ainda que na semana que vem, outras entidades serão beneficiadas.

 

Brecada

A licitação para contratação de uma nova empresa de coleta de lixo em Volta Redonda foi suspensa por determinação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) editada na quinta-feira.

O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) já determinou que uma equipe cuide do caso para que o serviço seja normalizado na cidade.

 

Parceria

Por falar em Neto, o Chefe da Polícia Civil do Estado do Rio, Fernando Veloso, destacou o empenho do prefeito para manter o delegado Antônio Furtado na 93 DP.

Veloso afirmou que Neto sempre foi um parceiro das forças de segurança do estado e garantiu que o trabalho da Polícia Civil em Volta Redonda terá continuidade no mesmo nível.

 

Dinheiro no bolso

Os servidores da Câmara Municipal de Barra Mansa tem um motivo para começar o mês de março rindo à toa. Tudo porque o presidente da Casa, Marcelo Borges (PT) dará um reajuste aos funcionários. Os aumentos variam de 15% a 25%, dependendo do tempo de serviço. “Já havia um bom tempo que não tinha um aumento para os funcionários. Então decidi conceder esse reajuste aos nossos servidores”, declarou Marcelo.

 

Alias

Antes que comecem os boatos por aí, Marcelo fez questão de afirma que esse reajuste não atingirá o salário dos vereadores da Casa. “Os vereadores não terão aumento. Só os servidores”, afirmou.

 

Foi longe…

As sessões da Câmara de Volta Redonda voltaram esse mês e se depender do vereador Paulo Baltazar (PRB), as questões tratadas na Casa vão ultrapassar os limites territoriais do município. Pelo menos foi essa a impressão que deixou a moção de repúdio pela prisão de Antônio Ledezma, prefeito de Caracas, na Venezuela, aprovada pelos parlamentares. “É também uma moção de solidariedade ao prefeito preso, pois consideramos que a democracia é um valor universal e que deve ser preservado sempre!

Esta é uma das minhas lutas”, destaca Baltazar.

 

Informações

O Estado do Rio pode ser obrigado a informar aos servidores que pedem afastamento do cargo quando são aprovados em outros concursos que eles têm direito a voltar à antiga ocupação. É o que determina o projeto de lei do deputado André Ceciliano (PT), aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) nesta quarta-feira (25). Pela proposta, os órgãos estaduais deverão enviar documento aos servidores que tenham sido aprovados em concursos para outras instituições, informando que eles podem voltar no período de estágio probatório na nova função.

 

Retorno

Segundo o deputado, o servidor pode voltar ao antigo posto caso não se adapte à nova função, mas o direito ainda é desconhecido. “Muitos pedem exoneração do cargo que ocupam quando vão assumir outro para o qual foram aprovados, mas isso cancela o direito de retornar. É um direito deles voltar à antiga função quando não se adaptam ao novo emprego, durante o período de estágio probatório, mas, para isso, eles devem pedir a vacância do cargo, não a exoneração”, explica.

 

Dialogando

Ao ser indagado sobre seu futuro na política, o vereador José Jerônimo (PSC) afirmou que vai procurar as lideranças de seu partido em Volta Redonda para discutir os rumos para a eleição de 2016.

Segundo Jerônimo, entre as pessoas que serão procuradas está David Cabral Júnior, Thiago Martins e o também vereador Dinho.

 

Dialogando II

Jerônimo afirmou que com o passar do tempo as especulações políticas tendem a aumentar e qualquer passo a ser dado deve ser afinado com os demais companheiros de partido.

O parlamentar lembrou que David Cabral Júnior e Thiago Martins são lideranças jovens, que carregam um grande legado.

“O David tem um pai que dispensa apresentações, assim como o Thiago é o braço direito do Ubirajara Vaz na Associação dos Aposentados. Fora isso, eles já têm luz própria e trabalho a mostrar. Acho que toda decisão a ser tomada deve passar por eles também”, disse Jerônimo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document