Mosaico

by Diário do Vale

Reunião – 

O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) se encontra hoje com comissão de coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI). O grupo visita o Rio pela oitava vez para tratar dos preparativos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

*

Durante as reuniões de trabalho, a Comissão de Coordenação recebe atualizações dos organizadores e parceiros em áreas como operações de mídia, serviços aos espectadores, eventos-testes, marketing, Jogos Paralímpicos, instalações esportivas e acomodações. Os eventos serão no Hotel Windsor Atlântica, em Copacabana.

*

Cabe à comissão assegurar que a Carta Olímpica e o Contrato da Cidade-Sede sejam seguidos e cumpridos. A Comissão de Coordenação para os Jogos do Rio de Janeiro-2016 é composta por integrantes do Comitê Olímpico Internacional, do Comitê Paralímpico Internacional, autoridades representativas do movimento olímpico e consultores técnicos externos.

*

Detalhe: a imprensa não terá acesso à reunião.

 

Minha Casa

O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) passou o fim de semana com um indisfarçável sorriso no rosto.

Fruto do apoio popular que recebeu durante a entrega de mais 160 apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida, na última sexta-feira, no bairro São Sebastião.

Em tempos de tanta descrença da classe política, é mesmo para ficar todo bobo.

 

PSol I

Na última semana, o deputado estadual pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Resende, Glaucio Jose De Mattos Julianelli, o Dr. Julianelli, pediu maior transparência pública sobre a qualidade da água que abastece o estado do Rio de Janeiro. O deputado também questionou na última semana, os casos de mortes por dengue em Resende e em pronunciamento na Alerj, falou que a responsabilidade não é apenas da população, mas principalmente dos gestores públicos.

 

PSol II

Por falar em PSol, será realizado em Valença, um debate acerca da Reformas Política. O evento ocorrerá na próxima quinta-feira e contará com a presença do ex-candidato a governador pela legenda, Tarcísio Motta.

 

PSol III

De acordo com o presidente do partido em Valença, Francisco Lima, o debate é importante pois reflete anseios da população, surgidos em 2013.

 

Proposta

Chico Lima destacou que Valença deveria ter um maior investimento no campo e na produção de hortifrutigranjeiros, até porque município é o segundo maior em extensão de terras no Estado. 

 

Presença

Aliás, quem também marcará presença no encontro do PSol é o presidente do partido em Volta Redonda, Omar Hafid, e a dirigente Maria das Dores Mota, a Dodora, além de Rogério Alimandro, presidente do Psol Estadual.

 

Certidão

Agora, a certidão de quitação eleitoral pode ser emitida pela internet. O comprovante que o eleitor recebe após a votação, além de atestar o comparecimento às urnas, é exigido para emissão de passaporte e ingresso em universidades, entre outras situações. Quem perdeu o documento, porém, não precisa se preocupar: basta emitir, pelo site do TRE-RJ, a certidão de quitação eleitoral.

 

Certidão II

Caso o eleitor não consiga gerar a certidão, devido a discrepâncias entre os dados digitados e as informações constantes no cadastro eleitoral, poderá requerê-la diretamente em qualquer cartório. Quem não votou nem justificou em eleições anteriores também precisará pagar os débitos para obter a quitação.

 

Devagar

O Ministério do Trabalho e Emprego ainda não liberou os resultados do cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes a janeiro de 2015.

As informações geralmente são publicadas por volta do dia 15 do mês seguinte – data que, em fevereiro, coincidiu com o domingo de Carnaval.

 

ONGs

O Plenário da Câmara dos Deputados poderá votar, a partir de amanhã, o Projeto de Lei Complementar do deputado Esperidião Amin (PP-SC), que cria normas de finanças públicas para a realização de repasses ou termos de parceria entre órgãos e entidades do setor público com pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos.

A proposta de Amin complementa uma lei que contém regras gerais para a realização de parcerias entre a administração pública e organizações não governamentais (ONGs).

 

ONGs II

Segundo o texto do projeto, para poder se candidatar a receber recursos públicos, as entidades sem fins lucrativos terão de comprovar capacidade gerencial e técnica e não poderão ter a participação de agentes públicos na sua gestão nem funcionar como mera intermediária de prestação de serviços.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996