Mosaico 01.Mar

Por Diário do Vale

O deputado estadual Edson Albertassi (PMDB) continua aguardando o fim das discussões sobre a composição das comissões permanentes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj).

*

Em princípio, ele vai assumir as presidências da Comissão de Orçamento e do Conselho de Ética do legislativo estadual.

*

Além disso, Albertassi já é, oficialmente, líder do governo.

*

Em resumo, trabalho não falta para o deputado – nem para sua equipe.

 

Aliás

Uma rápida visita ao site da Alerj mostra que muita gente que foi anunciada no secretariado do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) continua no legislativo.

O que se diz no meio político é que esses deputados estariam negociando a transição com seus suplentes, o que é um modo educado de dizer que pode estar havendo divergências na nomeação de cargos comissionados.

 

Visita

O cônsul-geral da Alemanha, Harald Klein, e o cônsul-geral adjunto, Joachim Shemel, visitaram, na última terça-feira, a central nuclear de Angra dos Reis.

Os representantes alemães conheceram o canteiro de obras da usina Angra 3, além do modelo reduzido da unidade e o depósito de rejeitos.

 

Visita II

Os visitantes foram acompanhados pelo assistente da Presidência da Eletronuclear Wilson Jorge Montalvão; e pelos superintendes de Construção; José Eduardo Costa Mattos, de Angra 2; Antonio Carlos Mázzaro; e de Angra 3, Ricardo Luiz do Nascimento.

 

Carro novo

Já em produção no Complexo Industrial da Nissan em Resende, o novo sedã Versa chegará nos próximos meses às concessionárias da marca em todo o país. Uma das grandes atrações do estande da Nissan no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo no fim de 2014, o Novo Versa tem como base a moderna Plataforma V (de “versátil”). O sedã apresenta um novo design externo com a parte frontal alinhada com a identidade de marca exibida por sedãs de segmento superior, como o Novo Sentra e o Altima.

 

Detalhe

Apesar do período de “vacas magras” que o mercado automotivo nacional vem atravessando, a Nissan está conseguindo ganhar espaço – aparentemente, tomando fatias de mercado da competição. Isso mostra que a montadora está conseguindo fazer o que o presidente mundial da aliança Renaut-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, disse durante a inauguração da fábrica de Resende: crescer durante a fase ruim da economia, que segundo Ghosn deve começar a dar sinais de recuperação no fim deste ano e no início do ano que vem, para começar o próximo ciclo de expansão econômica com mais fôlego que as rivais.

 

Corte

A mudança no auxílio-educação pago aos funcionários da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) com filhos em idade escolar foi aprovada nesta quarta-feira, em discussão única. Atualmente os servidores recebem até três auxílios por filho na escola. Com a mudança aprovada, o teto cai para dois benefícios neste ano, e apenas um em 2016, e passa a ser estendido o direito aos pais de estudantes da rede pública. “É uma contradição uma Casa como a Alerj só dar incentivo à matrícula na escola particular”, argumentou Picciani na reunião de líderes que antecedeu a sessão, onde foram firmados os acordos. A nova regra passa a ser aplicada a partir do mês de abril.

Corte II

O projeto de resolução havia recebido 52 emendas parlamentares. O deputado Comte Bittencourt (PPS) foi o autor da emenda de consenso estabelecendo a redução gradativa no auxílio, que passa a ser chamado de bolsa de reforço escolar.

 

Energia em Paraty I

O presidente da Câmara Municipal de Paraty, Luciano Vidal em mais uma bateria de reuniões em Brasília, esteve reunido na sede da ANEEL e Ministério de Minas Energia protocolando uma série de documentações sobre a precariedade do sistema de energia elétrica e os péssimos serviços prestados pela empresa AMPLA S/A constatado publicamente ao longo dos anos em Paraty.

Advertisement

 

Energia em Paraty II

Segundo Vidal, o procedimento também faz parte do desgaste que tanto a Câmara Municipal de Paraty e a Prefeitura de Paraty vem tendo com a empresa AMPLA S/A. “Na presente reunião denunciamos pessoalmente a situação precária do péssimo serviço prestado pela AMPLA e pedimos ajuda ao MME em busca de soluções e melhoria e cobramos da ANEEL mais intensidade na fiscalização e controle em cima da empresa. Agora é aguardarmos e vermos os resultados e caso não seja satisfatório não vamos cansar e deixar de cobra dos órgãos competentes para que a AMPLA possa prestar um bom serviço aos seus clientes e da mesma forma punir a mesma caso não seja eficiente conforme nossas demandas apresentadas”, disse.

 

 

 

 

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996