sábado, 14 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Ônibus lilás

Ônibus lilás

Matéria publicada em 17 de outubro de 2019, 22:07 horas

 


A pedido do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro, o “Ônibus Lilás” estará em Barra Mansa e Volta Redonda nesta terça-feira (22), das 10 às 15 horas, oferecendo atendimento especializado às mulheres vítimas de violência.
***
A ação é promovida pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.
***
Em Barra Mansa, o ônibus ficará estacionado na Praça da Matriz, no Centro, e em Volta Redonda, na Praça Piero Rafaelo Villani, na Avenida Sávio Gama, no Retiro.
***
“Estive recentemente com a secretária Cristina Quaresma e dentre algumas solicitações que encaminhei está a vinda do Ônibus Lilás para as cidades do Médio Paraíba. É um serviço muito importante voltado às mulheres com informações preventivas em relação à violência e atendimento com psicólogas, assistente social e advogada, além de outras duas pessoas especializadas no atendimento às vítimas”, informou Marcelo Cabeleireiro.
***
Também serão atendidas mulheres eu precisarem de orientação para emissão de primeira e segunda via de documentos.
***
A programação também conta com palestras na área externa, sob o toldo do ônibus.
***
O veículo é equipado com salas fechadas para garantir a privacidade das mulheres no decorrer do atendimento.
***
Este mês, a ação também conta com atividades relacionadas ao Outubro Rosa, com o intuito de alertar as mulheres sobre a prevenção e a importância no diagnóstico precoce nos casos de câncer de mama e de colo do útero.

Prisão
A Alerj foi notificada por ofício do TRF2 no fim da tarde desta quinta-feira (17/10) e já deu início ao processo para colocar em votação a decisão sobre a prisão dos parlamentares, conforme determinou a ministra do STF Carmen Lucia. O rito será seguido conforme determina o Regimento Interno da Casa, com a convocação da Comissão de Constituição e Justiça, que dará parecer e redigirá um projeto de resolução que será levado ao Plenário em sessão extraordinária, com decisão por maioria absoluta dos membros da Alerj, ao menos 36 votos.

Memória
Neste sábado, (19/10), às 10 horas, a Assembleia Legislativa (Alerj) lança o projeto “Caminhos do Brasil-Memória – Centro Histórico Praça XV”, circuito que reúne 11 museus e centros culturais da cidade. O roteiro incentiva a visitação desses espaços, que oferecem ao público atrações históricas e artísticas de diferentes épocas e abordagens. Além do circuito, será lançado um passaporte especial que garante entradas gratuitas nas instituições participantes e descontos em outros estabelecimentos.

Retirada
O passaporte será retirado pelos visitantes no saguão da entrada principal da Alerj e nos museus e centros culturais do circuito. A programação do projeto contará com a apresentação do Coro Madrigal da Escola Villa Lobos, às 11h; e da Banda de Música do Galeão, às 13h, na escadaria do Palácio Tiradentes. O público será convidado a fazer a visita guiada no edifício histórico, inaugurado em 1926, que exibe a exposição permanente “Palácio Tiradentes: Lugar de Memória do Parlamento Brasileiro”.

Como funciona
Depois de carimbado em cada um dos 11 museus do circuitos, o visitante que completar o roteiro ganhará uma experiência no Espaço Cultural da Marinha, onde vai conhecer o Navio-Museu Bauru; o Submarino-Museu Riachuelo; a Nau dos Descobrimentos; o helicóptero Rei dos Mares e o carro de Combate Cascavel. O passaporte devidamente carimbado ainda garante 50% de desconto na entrada do Aquário Marinho do Rio (AquaRio), além do desconto de 50% no Edifício Garagem Menezes Cortes aos fins de semana.

Centro
“O Palácio Tiradentes está no centro de um importante circuito histórico e agora vai funcionar como um articulador de toda essa diversidade cultural, o que é uma vocação desse local, berço da democracia brasileira”, destacou o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT).Já o subdiretor-geral de Cultura da Assembleia, Nelson Freitas, acredita que o projeto vai ampliar o acesso do público a todos os museus envolvidos. “Essa ação, com certeza, vai contribuir diretamente para fortalecer a formação humana e o sentimento de pertencimento da população, além de influenciar na ampliação da geração de renda e postos de trabalho, gerando divisas para o desenvolvimento econômico da cidade e, consequentemente, do Estado do Rio de Janeiro”, completou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document