domingo, 23 de janeiro de 2022 - 02:12 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Pezão deixa hospital

Pezão deixa hospital

Matéria publicada em 31 de março de 2016, 20:03 horas

 


O governador Luiz Fernando Pezão recebeu alta, no fim da manhã desta quinta-feira (31), após 19 dias internado no Hospital Pró-Cardíaco.
***
Pezão continuará o tratamento para combater um linfoma não-Hodgkin de forma ambulatorial, sem necessidade de nova internação, de acordo com o oncologista Daniel Tabak.
***
O governador começará o próximo ciclo do tratamento em 15 dias. Durante esse período, serão apenas realizados exames de rotina.
***
Pezão está de licença médica, por 30 dias, a contar da última segunda-feira (28). Desde então, o vice-governador Francisco Dornelles é o governador em exercício. Na saída do hospital, Pezão elogiou a condução do governo por Dornelles.

Em casa
O governador deverá viajar para Piraí, sua cidade natal, amanhã, para descansar e comemorar o aniversário da mãe, Dona Ecy, que completou 84 anos nesta quinta-feira: “O melhor presente que ela poderia ganhar era eu sair do hospital”, brincou Pezão.

Saídas
O secretariado do prefeito de Barra Mansa, Jonas Marins (PC do B), vai sofrer diversas modificações. Vários dos auxiliares mais diretos do prefeito serão candidatos em outubro e precisam se desincompatibilizar. Além de Uéslei da Farmácia (Ordem Pública), Chris Vieira (Juventude, Esporte e Lazer) e Carlos Roberto de Carvalho, o Beleza (Desenvolvimento Rural), que são vereadores licenciados e vão em busca da reeleição, Maria Lusia Melchiades (Educação) e Paulo Cesar Alves dos Santos (Fundamp e Previbam) vão desfalcar a equipe do prefeito.

Defesa civil
O prefeito de Barra Mansa, Jonas Marins, anunciou na manhã desta quinta-feira, dia 31, o novo coordenador da Coordenadoria de Defesa Civil, ligada à secretaria municipal de Ordem Pública. Quem assume o cargo é Denilson Sicupira, que já fazia parte da equipe de Defesa Civil. “Demoramos para fazer esse anúncio, porque, confesso, que fiquei muito abalado com a perda do Natanael (antigo coordenador, que faleceu em abril de 2015). Preferimos ter um coordenador interino, de imediato, mas o Denilson é a pessoa mais indicada ao cargo, por já conhecer a Defesa Civil e trabalhar com tanta dedicação”, afirmou Jonas.

Líder
Jonas Marins, reuniu em seu gabinete todo o seu secretariado na tarde desta quinta-feira (31), para anunciar o novo líder do governo na Câmara de Vereadores. O vereador Vicente de Paula Ferreira Junior, o Pissula, agora é o representante do governo municipal na casa legislativa. Além dos secretários, participaram também do anúncio Chris Vieira, Ueslei Brito e Carlos Roberto de Carvalho, o Beleza, vereadores que voltaram aos seus cargos na Câmara e o vereador Cláudio Cruz, o Baianinho, antecessor de Pissula na liderança do governo.

Indecisa
Às vésperas do fim do prazo para filiação, a líder comunitária Glorinha Landim está tendo o passe disputado por diversos partidos da base aliada a Jonas Marins. Ela tenta “passar a bola” para o prefeito, dizendo que a decisão cabe a ele, e o prefeito ouve os argumentos de todos os aliados para depois afirmar que Glorinha é quem vai ter a palavra final.

Salários I
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis (Sinspmar) conseguiu uma  liminar no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro determinando imediatamente o pagamento dos vencimentos dos servidores – e todas as demais vantagens – de forma integral e até o último dia do mês trabalhado.

Salários II
Ainda de acordo com a decisão judicial, enquanto os salários não forem pagos, ficarão suspensos todos os demais pagamentos a fornecedores e demais encargos, com exceção daqueles destinados à saúde e à educação, sob a pena de multa pessoal à prefeita de R$ 50.000, 00 – cinquenta mil reais.

Sem controle I
Falta de investimento em Tecnologia da Informação (TI) está impedindo o monitoramento eletrônico de armas e munições na Polícia Militar. Essa foi a conclusão dos coronéis responsáveis pelo Sistema Informatizado de Material Bélico (SisMatBel) durante audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que investiga o desvio de armas das forças de segurança, realizada nesta quinta-feira (31/03). A reunião tinha como objetivo averiguar as causas do não funcionamento do sistema informatizado em 2013 e 2014.

Sem controle II
Para o presidente da comissão, deputado Carlos Minc (sem partido), não há uma política de qualificação na área de informática dentro da corporação, já que as unidades treinam poucos policiais para gerir o segmento. “A conectividade entre os batalhões é pré-histórica. O orçamento da segurança pública dobrou nos últimos oito anos, e é maior que da saúde e da educação. Para onde está indo esse recurso?”, questionou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document