quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 05:59 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Recebendo estudantes

Recebendo estudantes

Matéria publicada em 28 de julho de 2019, 11:49 horas

 


O vereador de Volta Redonda Laydson Cruz recebeu no Plenário da Câmara Municipal diversos alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Dom Waldyr Calheiros do Bairro Roma II.

***

O encontro foi realizado a pedido da direção da escola, uma vez que os alunos da escola estavam estudando sobre as ações dos Poderes Legislativo e Executivo.

***

Foi uma manhã de conhecimento e aprendizado para os alunos, que tiveram a oportunidade de fazer o papel de “vereador por um dia”.

***

Na oportunidade os alunos fizeram diversas perguntas ligadas ao Vereador Laydson sobre  os trabalhos desempenhados pelo Poder Legislativo de Volta Redonda.

***

A direção da Escola agradeceu a oportunidade que o Vereador Laydson proporcionou às crianças.

 

Audiência

A Comissão de Tributação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai discutir em audiência pública nesta segunda-feira (29/07), o projeto de lei 3.213/10, que possibilita aos participantes do Instituto de Previdência do antigo Banerj (Previ-Banerj) que devolvam o valor recebido e retornem ao sistema de previdência do Estado do Rio. A reunião será na sala 316 do Palácio Tiradentes, às 10h. Foram convidados representantes da Secretaria de Estado de Fazenda e do Sindicato dos Bancários.

 

Veto

O projeto, de autoria dos ex-deputados Paulo Ramos, Edson Albertassi e Gilberto Palmares, foi vetado pelo Executivo. No entanto, no final de junho, o veto foi apreciado pela Casa e o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano solicitou que a comissão de tributação realizasse uma audiência para esclarecer as dúvidas dos parlamentares. “Após essa reunião o projeto voltará a pauta e será discutido com todos os deputados”, afirmou o presidente da comissão, deputado Luiz Paulo (PSDB).

 

Resíduos

A Firjan Sul Fluminense realiza nesta quarta-feira, 31, a partir das 15 horas, a palestra gratuita Política Nacional de Resíduos Sólidos: vamos falar das obrigações?. O encontro ocorre na sede da regional, no Bairro Laranjal, e tem como objetivo tirar dúvidas e abordar, no detalhe, a lei que passou a valer no estado do Rio de Janeiro em maio deste ano.

 

Responsabilidade

Segundo a palestrante e especialista em Meio Ambiente, Carolina Maria Zoccoli, a ideia é mostrar não só as responsabilidades que passam a ser exigidas das indústrias, mas explicar a melhor maneira de os empresários se atualizarem. “Como a legislação entrou em vigor há pouco tempo, 2019 ainda será um período de adaptação. É importante, porém, que os industriais iniciem 2020 já com o seu planejamento pronto, pois a fiscalização deverá ficar mais rígida”, pontua.

 

Previsões

Entre os principais pontos abordados no encontro, Carolina destaca as atividades que podem estar previstas no plano de investimento para os próximos dez anos. “Ações de comunicação para o consumidor, ponto voluntário de entrega de resíduos e parceria com catadores são algumas atividades que podem ser colocadas em prática nesse sistema e que iremos detalhar no evento.”

 

Reciclagem

Outra exigência da lei sobre Logística Reversa se refere à comprovação de um percentual determinado de reciclagem sobre os produtos que o empresário colocou no mercado. “Existem muitas maneiras de evidenciar essa prática. A palestra servirá para enumerar esses pontos a fim de que as empresas se regularizem e não fiquem sujeitas à lei de infração do estado.”

 

Dúvidas

Durante o encontro ainda haverá espaço para que os industriais tirem as principais dúvidas e compartilhem vivências. “É muito importante que os empresários participem deste encontro. Além da adequação que é obrigatória, a logística reversa figura uma tendência de mercado”, finaliza a especialista em Meio Ambiente da Firjan, Carolina Zoccoli.

 

Tendência

No encontro da próxima quarta-feira, o analista de responsabilidade social, Wagner Ramos também vai abordar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU para alinhar as metas das empresas a essa tendência global. Trata-se de um chamado universal que estimula a sociedade a fazer as escolhas certas para melhorar a qualidade de vida com foco na atual e futuras gerações.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document