quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Reforço na segurança

Reforço na segurança

Matéria publicada em 2 de maio de 2016, 06:00 horas

 


O prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) se reúne hoje, às 15h, em seu gabinete, com representantes da segurança pública e entidades comerciais para discutir medidas para combater a criminalidade em Volta Redonda. Uma primeira reunião já havia ocorrido em março.

***

Na época, o que chamou a atenção e motivou a reunião foi o crescimento no número de roubos a estabelecimentos comerciais e a pedestres. Além de representantes das polícias Civil, Militar e Guarda Municipal, estiveram presentes pessoas ligadas à Aciap (Associação Comercial Industrial e Agropastoril), CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista) da cidade.

***

Uma das propostas que deve ser discutida será o aumento no número de policiais militares nas ruas, inclusive à paisana. A ideia, de acordo com Neto, é do comandante do 28º BPM (Batalhão da Polícia Militar), César Augusto de Souza.

***

Com apoio do Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) os agentes farão abordagens a suspeitos, tentando evitar que crimes possam acontecer.

União faz a força
O prefeito destacou que desde aquela reunião de março, os números de criminalidade caíram, mas que é preciso reprimir ainda mais a ação de bandidos. “É fundamental a gente estar sempre à frente dos criminosos. Por isso iremos procur fazer essas parcerias, que eu não tenho dúvida nenhuma de que fortalecem as nossas ações. O próprio Pezão (governador licenciado) diz quando vem a Volta Redonda que somos um exemplo de segurança por causa do Ciosp, onde estão todas as forças estão integradas”, comentou.

Seminário
A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realizará nesta segunda-feira, às 13h um seminário com o tema “Misoginia como indutor do feminicídio”. Segundo a presidente do grupo, a deputada Enfermeira Rejane (PCdoB), “o machismo está presente em todas as sociedades há séculos e que nos momentos de tensão social, revelam sua face brutal”. O evento acontecerá no auditório Senador Nelson Carneiro, que fica no 6º andar do prédio anexo ao Palácio Tiradentes.

Boletim
De acordo com nota divulgada pela assessoria do Governo do Estado no sábado, o governador Luiz Fernando Pezão permanece internado no hospital Pró-Cardíaco para se recuperar de uma infecção cutânea, na região do acesso para receber a quimioterapia. Pezão passou o dia sem febre. O governador está no quarto e seu estado de saúde é considerável bom, de acordo com os médicos.

Curso
A prefeitura de Quatis, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente junto ao Crea–RJ, ofereceu na última semana o curso de Introdução ao Licenciamento Ambiental. O curso, que foi ministrado pelo Engenheiro Agrônomo e Assessor de Meio Ambiente do Crea-RJ, Dr. Felipe Brasil, foi a primeira ação após a assinatura do Termo de Convênio entre a prefeitura e o Crea–RJ.
Para a secretária de Meio Ambiente, Édna Azevedo, nos próximos dias Quatis já deverá ter seu licenciamento ambiental municipal.

Fórum em Barra Mansa
O Fórum de Cultura de Barra Mansa aconteceu na última sexta-feira, no CEI Vieira da Silva, no Centro. Durante o evento, foram apresentadas propostas para a elaboração do anteprojeto de Lei do Plano Municipal de Cultura, que serão aprovadas nesta quarta-feira, dia 3, em uma continuidade do Fórum, que teve que ser interrompido devido ao horário.

No evento
Participaram do evento a superintendente da Fundação de Cultura de Barra Mansa, Graça Dias; o vice-presidente do Conselho Municipal de Cultura, Marcos Marques; o vereador Elias Silva de Andrade, o Lia Preto; e a representante da secretaria estadual de Cultura, Clarissa Semensato. Artistas, músicos, entre outros, também estiveram presentes.

Participação
O vereador Lia Preto destacou a necessidade da participação popular nos debates sobre cultura. “É visível que em Barra Mansa existem pessoas que abraçam a causa de verdade, que lutam pela cultura. Mas, a adesão popular ainda é pequena”, disse o vereador. Clarissa Semensato, por sua vez, falou sobre a importância de debater a cultura como um todo. “Seria mais fácil encarar a cultura como forma pontual, mas é muito mais que o momento do show ou peça de teatro, por exemplo. Não adianta ser apenas um momento, por isso, o Plano é de suma importância para o andamento das ações”, enfatizou a representante da secretaria estadual.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document