segunda-feira, 30 de março de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Seleção

Seleção

Matéria publicada em 19 de junho de 2017, 21:56 horas

 


arno

A Prefeitura de Itatiaia realizou na manhã desta segunda-feira (19), no Centro de Qualificação e Formação Profissional, as provas para o preenchimento de 25 vagas de aprendiz na empresa Arno.
***
A avaliação, que foi elaborada pela empresa, contou com questões de matemática e redação. Participaram desta etapa do processo seletivo 200 jovens entre 18 e 22 anos de idade, todos moradores da cidade.
***
O Núcleo de Emprego e Qualificação (NEQ) recebeu os currículos que passaram por triagem para as vagas que fazem parte de uma parceria entre a Prefeitura de Itatiaia e o Groupe SEB, detentor da marca Arno.

 

Resultado
Os candidatos receberão o resultado amanhã, terça-feira, e o processo seletivo terá mais duas etapas que também serão realizadas no Centro de Qualificação. A 2ª etapa será feita pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) com entrevista e dinâmica. A última parte da seleção será composta de entrevista com o gestor da empresa Arno.

Homenagem
A Associação Nacional dos Procuradores Municipais (ANPM) homenageou na tarde desta segunda-feira, dia 19, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PV), pela atuação na estruturação e fortalecimento da Procuradoria de Volta Redonda. Carlos Figueiredo Mourão, presidente da entidade, elogiou o chefe do Executivo e afirmou que, em seis meses, a Procuradoria Geral do Município (PGM) de Volta Redonda passou por uma transformação, o que não ocorria há décadas no município.

Agradece
Samuca Silva agradeceu a homenagem e reafirmou o compromisso com a legalidade: “Não assino nada se não tiver o parecer jurídico dos procuradores. Há muitos anos que a PGM não tem o valor devido. Não faço mais que a minha obrigação. Quero chegar ao final do meu mandato com um procurador de carreira como o procurador geral”.
 
Lei anticorrupção
O prefeito de Volta Redonda decidiu extinguir qualquer tipo de sigilo sobre as informações municipais, a chamada Transparência Ativa – através de um decreto assinado no mês passado. Ele proibiu o uso de carro oficial do prefeito, no dia a dia da cidade e irá trabalhar com o próprio carro. A exceção são as viagens para outros municípios.

Carros
Samuca proibiu também o uso de carro público nos fins de semana, a não ser os destinados estritamente aos serviços de plantão. Os secretários não podem ser indicações políticas e se encaixarão na lei da ficha limpa, além de passar por uma analise técnica. Todos da administração: servidores, comissionados e secretários devem apresentar declaração de bens.

Grupo
O prefeito decretou, ainda, a criação de um grupo de trabalho, com prazo de 60 dias, para regulamentar a Lei Anti-Corrupção. Criou também a auditoria social, que pretende submeter o prefeito à sociedade com prazo de sete dias para respostas. A nomeação de agentes de fiscalização e arrecadação não pode ser destinada a pessoas que tenham filiação partidária. Por fim, o prefeito Samuca Silva, estabeleceu prazo para implementação do Portal da Transparência e para a instalação de um Impostômetro.

Sindicâncias
No primeiro semestre, o prefeito Samuca Silva abriu 25 sindicâncias para apurar responsabilidades de possíveis erros na administração pública. Além disso, o Executivo pediu também aos órgãos fiscalizadores (TCE, TCU e Ministérios Públicos) a abertura de auditorias para apurar possíveis falhas na folha de pagamento das administrações direta e indireta, bem como transferência de recursos federais e processos licitatórios.

Contratação
A prefeitura solicitou a contratação, por licitação, de uma empresa de auditoria para apurar execuções orçamentárias (licitações, empenhos, liquidações e pagamentos) dos últimos seis anos (2011 a 2016). “Temos a obrigação legal de respeitar o dinheiro da administração e apurar possíveis danos ao erário público. Se assim não fizermos, podemos incorrer em desrespeito ao que exige a lei. Isso demonstra nosso compromisso com a transparência e com a verdade. Quando chegamos aqui, não havia nenhuma sindicância aberta. Já solicitamos 25 e vamos abrir tantas quantas forem necessárias”, garantiu o prefeito.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document