terça-feira, 26 de outubro de 2021 - 11:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Sem energia e sem explicação

Sem energia e sem explicação

Matéria publicada em 6 de março de 2017, 20:47 horas

 


O vereador de Volta Redonda Carlinhos Santana (SD) ocupou a tribuna na sessão desta segunda-feira (6) para se queixar do atendimento que recebeu na concessionária de energia elétrica Light quando foi se queixar da falta de energia no bairro Jardim Amália.

***

Ele se dirigiu pessoalmente às instalações da empresa, na Avenica Amaral Peixoto.

***

A queixa era de que a falta de energia estava afetando um hospital no bairro, que só dispõe de gerador para os setores essenciais.

***

Como era fim de semana, se identificou como vereador e pediu para falar com o plantonista, que mandou a ele um bilhete falando sobre a situação.

***

Segundo ele, as respostas que recebeu não foram satisfatórias.

 

Amigo dos pets

O vereador Isaac Bernardo de Araújo (PEN) está solicitando ao veterinário e coordenador do Centro de Zoonoses, Dr. Marcos Venturini, uma reunião com as ONGs protetoras de animais de Volta Redonda, com a intenção de realizar, junto ao Poder Público, estudos que possibilitarão melhoria e expansão nos programas relacionados aos cuidados dos animais domésticos da cidade do aço.

 

Para trás

“Volta Redonda está ficando para trás neste quesito. São inúmeras as cidades que já possuem serviços como: Hospital veterinário, castração móvel, crematório de animais, entre outros. Precisamos intensificar e fazer valer o direito de nossos animaizinhos”, destacou.

 

Melhorias no Centro de Zoonoses

Isaac solicitou ao prefeito Samuca Silva (PV) melhorias na estrutura do Centro de Zoonoses situado no bairro Três Poços, para que a população e seus animais domésticos sejam melhor atendidos. Segundo ele, o Centro de Zoonoses precisa de algumas melhorias na estruturação, como: troca dos pisos, modernização dos centros cirúrgicos, equipe de limpeza no local e retirada dos veículos automotores que se encontram danificados e parados no pátio do local.

 

Sabatina

A Comissão de Normas Internas e Proposições Externas da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai sabatinar o conselheiro da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado (Agenersa) Silvio Carlos Santos Ferreira nesta terça-feira (07). Silvio foi indicado pelo governador Luiz Fernando Pezão para mais um mandato na agência. A reunião acontecerá às 10 horas, na sala 311 do Palácio Tiradentes.

 

Curriculum

Licenciado em física e especializado em Engenharia de Instalação de Gás, Silvio Ferreira tomou posse no Conselho Diretor em janeiro de 2013. Além de conselheiro na agência, Ferreira já foi subsecretário de Obras do Governo do Estado do Rio e presidente da Empresa Municipal de Energia e Iluminação (Rioluz).

 

Responsabilidade

O Conselho Diretor da Agenersa é responsável por relatar os processos deliberativos nas Sessões Regulatórias, além de recomendar ou determinar mudanças nos procedimentos, visando a adequação e o aperfeiçoamento dos serviços prestados à população. Os conselheiros têm mandato de quatro anos e podem ser reconduzidos ao cargo uma única vez.

 

 

Cobrando

A Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai realizar uma reunião, na próxima terça-feira (07), para que a CCR Barcas preste esclarecimentos sobre as péssimas condições do serviço oferecido aos usuários. Em 2016, a comissão vistoriou as estações e propôs um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a concessionária junto com Ministério Público e a Defensoria Pública a fim de solucionar as reclamações.

 

Ajuda à fiscalização

A fiscalização ambiental do Estado vai ganhar um reforço com a aquisição de sete novas viaturas. Os veículos foram entregues ao Comando de Polícia Ambiental (CPAm) pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), nesta segunda-feira (6), em um evento realizado na sede do CPAm, em Bonsucesso, no subúrbio do Rio, e contou com as presenças do diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, Paulo Schiavo, e do Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Wolney Dias Ferreira.

 

Off-road

As viaturas foram adquiridas pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e doadas ao Inea que, por sua vez, doou para o CPAm. Os veículos são adaptados para uso em qualquer tipo de terreno, podendo ser utilizados também para atravessar um rio, dando mais agilidade no deslocamento das equipes para a atuação nas fiscalizações e na repressão aos crimes ambientais.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document