>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 17:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Serviço de emplacamento

Serviço de emplacamento

Matéria publicada em 29 de dezembro de 2020, 06:00 horas

 


O Detran.RJ retomou ontem (28) os serviços de emplacamento em todo o estado do Rio de Janeiro. As atividades estavam suspensas, desde o último dia 7, para regularização do contrato com a empresa prestadora do serviço. O agendamento para tirar a primeira licença pode ser feito pelo site do órgão.
***

Os usuários que estavam agendados e não puderam realizar os serviços durante a paralisação poderão retornar ao mesmo posto em até dez dias úteis após a retomada das atividades, sem necessidade de reagendamento.
***

O Detran.RJ esclarece que, por causa da pandemia, já há uma resolução adiando o prazo para retirar a primeira licença. Quem comprou veículo entre 19 de fevereiro e 30 de novembro tem até o dia 31 de janeiro de 2021 para regularizar a situação. As demais atividades de emplacamento retomadas são: troca de jurisdição, transferência de propriedade com troca de município, troca de município, troca de placa e mudança para placa Mercosul.

Saae
Os escritórios de atendimento ao público do Saae-BM funcionarão nos dias 29 e 30 de dezembro, de 9 às 14 horas. Nas unidades, situadas na Vista Alegre (Rua Cristiano dos Reis Meirelles, 1158); no Nove de Abril (Rua Álvaro Rego Millen, 175) e no Rodoviária Shopping (Avenida Joaquim Leite, 117) é possível requerer diversos serviços, como religação de água, instalação de hidrômetro e segunda via de conta.

Reivindicação
Funcionários da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Volta Redonda realizaram ato na porta da prefeitura, na manhã de ontem (28), para reivindicar o pagamento do 13° salário, que está em atrasado para os servidores.
Manifestantes usaram cartazes, faixas e um microfone instalado em uma caixa de som durante o ato na Praça Sávio Gama, no bairro Aterrado.

Reivindicação II
Esta é a segunda manifestação em menos de uma semana.
Na última quarta-feira (23), um grupo de servidores se concentrou no mesmo local pedindo pagamento da segunda parcela do salário de novembro e o pagamento do 13° salario.
A manifestação ocorreu um dia após a decisão do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) de mandar bloquear R$ 16 milhões das contas da Prefeitura de Volta Redonda por causa de precatórios que deixaram de ser pagos.

Nota de pesar
Dona Rute do Carmo de Campos, de 75 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (28).
Ela estava internada no Hospital Unimed Volta Redonda com suspeita de Covid-19.
Devido ao protocolo, não haverá velório e o enterro está marcado para às 10h desta terça-feira (29), no Cemitério Portal da Saudade. Dona Rute era comerciante e teve por muitos anos uma mercearia no térreo do Edifício Bandeirantes, no bairro Aterrado. Era uma pessoa conhecida e muito querida na cidade. Amigos e frequentadores da antiga mercearia lamentaram a perda nas redes sociais.

Museu de Arte Sacra
A prefeitura de Angra dos Reis lançou ontem (28) mais um vídeo do projeto Movimento Arte na Rede (MAR). É o terceiro episódio de um pequeno documentário sobre o Museu de Arte Sacra e suas obras. O espaço fica localizado no Centro de Angra, na Igreja da Lapa e da Boa Morte, e é uma importante referência cultural e turística do município.

Foco
Neste terceiro episódio, o foco são as mais de 2 mil peças e o trabalho de restauro desse acervo. A ideia da criação do museu surgiu na década de 1980, por conta da necessidade de um espaço para se guardar e restaurar objetos sacros. Em 1992, com o empenho da prefeitura de Angra, da comunidade católica e de representantes do movimento cultural angrense, seria criado o Museu de Arte Sacra. A maioria das peças é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) ou pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).

Vídeos
Os vídeos, de curta duração e caráter documental, visam também atender a uma demanda escolar e pedagógica, já que com a suspensão das aulas, em virtude da pandemia, visitas guiadas feitas pelos alunos e coordenadas pelos professores ficaram suspensas, assim como as visitas guiadas do setor turístico (ou city tour) também sofreram restrições.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document