sexta-feira, 17 de setembro de 2021 - 13:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Tratando de transportes

Tratando de transportes

Matéria publicada em 22 de fevereiro de 2017, 21:08 horas

 


O prefeito Fernando Jordão, acompanhado do Secretário Municipal de Governo e Relações Institucionais, Marcus Veníssius Barbosa, estiveram hoje, mais cedo, reunidos com o superintendente de Infraestrutura do DNIT, José Luiz e diretoria da Ferrovia Centro- Atlântica em Brasília, para tratar sobre o interesse do município na área em frente à Praia do Anil.
***
A Prefeitura solicitou à cessão de parte da área para a duplicação da Avenida Airton Sena, que deve terminar com os problemas de engarrafamento de veículos no local.
***
Outro assunto foi a transferência da linha férrea para o município.
***
O governo já está com o projeto pronto, que foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, e apresentado às autoridades presentes na reunião.
***
À FCA, o prefeito solicitou que a linha férrea no trecho entre o Centro de Angra e a cidade vizinha em Rio Claro, seja deslocada, mas não extinta, como outros municípios estão fazendo.
***
A intenção de Fernando Jordão é reativar o projeto “Trem da Mata Atlântica”, executado durante o seu mandato de prefeito da cidade no período de 2001 a 2008 e que realizava passeios turísticos neste trecho.
***
A reunião foi considerada extremamente positiva pelo prefeito, que disse ter avançado muito nas negociações.

Nos bairros
O vereador de Barra Mansa Wellington Pires iniciou há três semanas o projeto “Vereador no Bairro”. Jardim América e Vila Independência foram os primeiros escolhidos pelo vereador pra receberem a iniciativa. Esses dois bairros, somados a Monte Cristo, São Pedro, Santa Clara e Goiabal, deram mais de 800 votos ao vereador na última eleição: “nada mais justo que retornar a eles, agradecer aos moradores, e ouvir os anseios das comunidades, o vereador não pode ficar apenas trancado no gabinete, é nas ruas que vamos conhecer o que a população precisa”, afirmou Wellington.

Resultado
E o trabalho já começou a dar resultados, na última terça e quarta alguma benfeitorias, pedidas pelos moradores, no “vereador no bairro” foram atendidas. As ruas: 5A no Jardim América e Manoel Pereira de Jesus na Vila Independência, receberam melhorias na infra-estrutura, além da operação tapa buracos.

Procedimento
Segundo o vereador todas as demandas apresentadas pela população, tanto no gabinete quanto nas ruas, são enviadas aos órgãos responsáveis para que providências sejam tomadas:  “É preciso que o morador entenda que o vereador não faz obras, esse serviço é executado pela prefeitura, o nosso trabalho é ser um intermediário entre o povo e o poder executivo, pra mostrar serviço o vereador não precisa pegar na enxada, ele tem que usar os meios legais pra representar o povo, sendo um fiscalizador do que é feito na cidade.” Completou Wellington.

Próximo
O projeto “Vereador no Bairro” acontece aos sábados das 10 às 13 horas, a próxima edição será dia 11 de março, na Entanha.

Registro
O curso técnico em Agronegócio do Senar, ofertado em parceria com o Sindicato Rural de Barra Mansa, agora também tem a chancela do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Cadastramento
A entidade decidiu pelo cadastramento do curso e do Senar como instituição de ensino. O curso, que já contava com o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC), é realizado na modalidade à distância, com carga horária total de 1.230 horas.

Melhora
“O registro no CREA agrega ainda mais valor ao curso técnico por afiançar ao mercado o reconhecimento do currículo, beneficiando, principalmente, os egressos, com a abertura de mais oportunidades de emprego. Isso porque o registro profissional junto ao CREA permitirá que o técnico em Agronegócio seja reconhecido, enquanto profissional, pelo órgão competente que representa a sua categoria, podendo assinar projetos”, explicou Adilson Rezende, vice-presidente do Sindicato Rural de Barra Mansa.

Responsabilidade
De acordo com a coordenadora do Sindicato Rural, Juliana Viana, para ser um profissional qualificado no mercado de trabalho não basta fazer um bom serviço, mas também conhecer cada detalhe da profissão que exerce, cumprir as normas regulamentadoras e legislações e estar atento às questões sustentáveis.

Procedimento
Os alunos concluintes do curso que tiverem interesse no registro profissional devem entrar em contato com o Crea/RJ, e apresentar histórico escolar de conclusão e diploma. O Crea/RJ fará a verificação de reconhecimento junto ao Crea/DF, entidade que chancelou o curso a nível nacional, para liberar o registro profissional.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document