terça-feira, 22 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Unindo adversários

Unindo adversários

Matéria publicada em 20 de agosto de 2019, 22:14 horas

 


A licitação das linhas da viação Sul Fluminense, marcada para o dia 17 de julho pelo prefeito Samuca Silva, está unindo até adversários na Câmara.

***

Do grupo político do ex-prefeito Antônio Francisco Neto, o vereador Neném subiu à tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira, dia 20, para criticar a empresa.

***

“Em 50 anos que eu moro no bairro Eucaliptal, nunca vi o serviço da Sul Fluminense tão ruim. Pessoas estão chegando atrasadas no trabalho por conta disso”, disse Neném.

***

O tema está unindo oposição e situação na Câmara de Vereadores. Todos favoráveis à licitação das linhas da empresa e concordando com Samuca.

 

De volta

A ex-deputada federal e ex-vice-prefeita de Volta Redonda, Cida Diogo, foi indicada consensualmente pelos membros do Partido dos Trabalhadores (PT), para assumir a presidência do diretório municipal. É a primeira vez que não haverá concorrência para o cargo no Processo de Eleições Democráticas (PED) do partido, que acontecerá no dia 8 de setembro deste ano, com chapa única.

Correntes

A petista representa a unidade das correntes políticas do PT e está com muita disposição para trabalhar na reorganização da legenda. Além disso, quer fortalecer ainda mais os movimentos sociais e populares e construir uma forte nominata de candidatos para disputar a câmara de vereadores em 2020.

Mobilização

“Precisamos mobilizar a sociedade para a luta pela liberdade de Lula, um preso político. É necessário conscientizar a população sobre a perda de direitos e o desmonte do país, promovido pelo governo Bolsonaro “, ressalta.

Diálogo

O diálogo com os partidos do campo democrático e popular também está na sua pauta de trabalho. Cida Diogo quer promover o debate em torno de um programa de governo para Volta Redonda, com mais investimento em saúde e em educação, melhorias na mobilidade urbana, implementação de políticas sociais e de direitos humanos, criando instrumentos que incentivem uma grande participação popular nas decisões de governo.

Programa

“Construir um ambicioso programa de governo para que a cidade lidere um projeto de desenvolvimento econômico e social, em toda a região, e que se torne uma referência em políticas públicas bem sucedidas, na melhoria da qualidade de vida da população”,  adianta Cida Diogo.

Coaf I

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, nomeou nesta terça-feira (20) Ricardo Liáo para a presidência da Unidade de Inteligência Financeira (UIF), antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Ele substituirá Roberto Leonel de Oliveira Lima.

Liáo, servidor de carreira aposentado do BC, era diretor de Supervisão do Coaf. A área de supervisão do Coaf era responsável pela regulação, fiscalização e a aplicação de penas administrativas relativas à prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.

Coaf II

No mesmo dia 20, foi publicada no Diário Oficial da União a Medida Provisória nº 893 que transformou o Coaf na Unidade de Inteligência Financeira, vinculada ao Banco Central.

Segundo a MP, a Unidade de Inteligência Financeira será “responsável por produzir e gerir informações de inteligência financeira para a prevenção e o combate à lavagem de dinheiro, ao financiamento do terrorismo e ao financiamento da proliferação de armas de destruição em massa e promover a interlocução institucional com órgãos e entidades nacionais, estrangeiros e internacionais que tenham conexão com a matéria”.

Estrutura

A MP define que a estrutura organizacional da Unidade de Inteligência Financeira compreende o Conselho Deliberativo e o Quadro Técnico-Administrativo. O Conselho Deliberativo será composto pelo presidente da Unidade de Inteligência Financeira e por, no mínimo, oito e, no máximo, quatorze conselheiros, escolhidos dentre cidadãos brasileiros com reputação ilibada e reconhecidos conhecimentos em matéria de prevenção e combate à lavagem de dinheiro, ao financiamento do terrorismo ou ao financiamento da proliferação de armas de destruição em massa. O presidente do BC será o responsável por escolher os conselheiros e o presidente da presidente da Unidade de Inteligência Financeira.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Ridículo!

  2. Avatar

    Tá querendo levantar defunto politico.o povo não engole mais essas histórias. Com a palavra antônio palocci.

    • Avatar

      Os petistas estão todos escondidos no PSB e PDT só aguardando para se manifestarem.

      Quem votou nestes dois partidos ajudou os petistas a se manterem vivos, mesmo detestando o PT.

Untitled Document