quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Vice-prefeito de Quatis, pastor Ralfen Teixeira, renuncia ao cargo

Vice-prefeito de Quatis, pastor Ralfen Teixeira, renuncia ao cargo

Matéria publicada em 26 de abril de 2019, 17:49 horas

 


Através de um comunicado informal enviado por meio de mensagem eletrônica à prefeitura de Quatis, o pastor Ralfen Teixeira (PSC) informou sua renúncia ao cargo de vice-prefeito da cidade, alegando “motivos particulares”, pois vai trabalhar em outro segmento, fora do município, do qual está se mudando.

***
A prefeitura aguarda a chegada do comunicado oficial para dar ciência da decisão do vice-prefeito às instituições competentes, entre elas, a Câmara Municipal, o TCE (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) e a justiça eleitoral, o que provavelmente ocorrerá na próxima semana.

***
Ralfen se encontra fora cidade, tratando justamente das suas novas atividades profissionais. Ele foi eleito vice-prefeito na chapa do prefeito Bruno de Souza (MDB), nos pleitos municipais de 2012 e 2016.

 

Reserva
O vereador Rodrigo Furtado (PTC) afirmou que o mutirão de emprego, marcado para o próximo 1° de maio, em comemoração ao “Dia do Trabalhador”, ampliará a abrangência da lei, de sua autoria, que reserva 70% das vagas disponíveis em empresas fixadas no município para ocupação de mão de obra local e 15% deste total, ou mais, para mulheres voltarredondenses.

Elogia
O parlamentar ressaltou a importância do evento que, além de incentivar a empregabilidade e a valorização dos profissionais locais, oportuniza a aproximação entre os trabalhadores e as necessidades atuais do mercado. “Nosso esforço é para valorizar a mão de obra disponível em nossa cidade. Fico muito satisfeito em perceber os resultados desta iniciativa e o envolvimento por parte dos empresários. Aproveitar a qualificação da mão de obra local, além de gerar emprego, mantém a renda circulando no município. Esse ciclo colabora diretamente para o desenvolvimento e ampliação dos investimentos”, explicou.

Incentivos I
A Comissão Parlamentar de Inquérito instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para investigar a crise fiscal fluminense vai receber o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, nesta segunda-feira (29/04). Os parlamentares pretendem averiguar os mecanismos de fiscalização e controle adotados pelo Executivo na concessão de incentivos fiscais. A reunião será às 14h na sala 311 do Palácio Tiradentes.

Oportunidade
O presidente da comissão, deputado Luiz Paulo (PSDB), afirmou que o encontro também será uma oportunidade para que o novo governo demonstre como fará para atrair mais investimentos para o estado. “É importante que seja explicada qual a organização que o Executivo propõe para fiscalizar as empresas que recebem incentivos e como planeja atrair novos investimentos, preferencialmente, sem benefício fiscal de qualquer natureza”, destacou o deputado.

Trabalho
Na semana em que se comemora o Dia do Trabalho, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro vai iniciar uma série de encontros com autoridades federais, estaduais, municipais, gestores do Sistema S, universidades e instituições da sociedade civil organizada para identificar os principais desafios da geração de emprego e renda no estado. Organizado pelo Fórum de Desenvolvimento do Rio, órgão da ALERJ, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais o seminário “Desafios do Emprego no Estado do Rio de Janeiro” será aberto no dia 29 próximo pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, deputado André Ceciliano, e terá apresentações nas três sextas-feiras seguintes (3, 10 e 17 de maio), sempre das 10h às 13h.

Objetivo
O objetivo do encontro é aproximar diferentes setores que possam auxiliar o parlamento estadual na definição de políticas públicas visando ‘a geração de emprego, renda, salário e qualificação profissional. O seminário é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas no endereço http://bit.ly/DesafiosEmpregoRJ“O que se pretende com estes quatro encontros é construir uma agenda comum com as instituições da sociedade civil, universidades e com o próprio Executivo para ampliar as oportunidades de formação da população para o trabalho e combater o desemprego”, afirmou Ceciliano, que também é o presidente do Fórum.

Temas em debate
Os quatro dias do seminário foram divididos por temas. Após a abertura oficial, no dia 29, serão realizadas as apresentações sob o assunto “Panorama e Perspectivas do Emprego no Estado do Rio de Janeiro”. A professora Renata La Rovere, do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, apresentará resultados de uma pesquisa demonstrando que não há uma oferta equilibrada entre as regiões do estado de cursos de formação profissional que atenda às necessidades da indústria. Já o economista-chefe da Fecomércio, João Gomes, apresentará dados atualizados sobre as mudanças no mercado de trabalho do Rio, como o aumento na demanda por profissionais ligados à economia criativa.
Nos dias subsequentes, o seminário contará com os painéis “Políticas Públicas de Emprego e Renda”, no dia 03/05; “Contribuição do Sistema S na Geração de Emprego e Renda” e “Boas Práticas das Universidades e da Sociedade Civil”, no dia 10/05; e “Desenvolvimento Regional para Construção de uma Estratégia de Emprego e Renda”, no dia 17/05.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar
    Valmir de Almeida pmdb afro

    Abração a Bruno.

Untitled Document