sexta-feira, 10 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Mosaico / Visita

Visita

Matéria publicada em 9 de dezembro de 2016, 20:00 horas

 


O deputado federal e prefeito eleito de Angra dos Reis, Fernando Jordão (PMDB) estava entre os convidados da Confraternização da Terceira Idade, realizada nesta sexta (9) no Ginásio Poliesportivo da Ilha São João.

***

Jordão estava com seu colega de Câmara dos Deputados, Deley de Oliveira (PTB).

***

Mas quem acha que se tratou simplesmente de uma visita de cortesia pode estar enganado.

***

O prefeito eleito de Angra dos Reis é admirador declarado do estilo de administrar de Neto, tanto que lhe deu de presente uma miniatura de barco decorativa com a inscrição “O melhor prefeito do Brasil”.

***

Daí para ele estar articulando a ida de alguns integrantes do secretariado de Neto para Angra dos Reis não vai uma distância muito grande.

***

Aliás, há informações de que alguns secretários já teriam sido convidados.

 

Rumos

O PSDB do Rio de Janeiro promove encontro para traçar estratégias de atuação em 2017, neste sábado ( 10), no Windsor Guanabara Hotel, no Centro do Rio de Janeiro. Estarão presentes os parlamentares e prefeitos do partido, incluindo os deputados estaduais Luiz Paulo e Carlos Osorio e a vereadora Teresa Bergher; os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos em 2016; os membros do diretório estadual; os segmentos partidários – PSDB Mulher, Sindical, Empreendedor, Tucanafro, Diversidade Tucana e Juventude; representantes do Instituto Teotônio Vilela do Rio de Janeiro; e representantes das executivas municipais. A reunião será comandada pelo presidente do Diretório Estadual do PSDB, o deputado federal Otavio Leite. Tucanos da região estarão presentes.

 

Vacina contra Zika

Pesquisadores do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estudam a inativação do vírus da zika como um possível caminho para o desenvolvimento de uma vacina contra a doença. Ainda em fase inicial, a pesquisa foi um dos estudos sobre arboviroses apresentados, esta semana, durante seminário que reuniu a comunidade científica para divulgar e avaliar os resultados da Rede Zika, programa criado pela Faperj (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) diante dos problemas causados pela epidemia da doença.

 

Evento

No evento Resultados e Avanços da Rede de Pesquisas em Zika, Chikungunya e Dengue no Estado do Rio de Janeiro, realizado na Academia Nacional de Medicina, no Centro do Rio, os integrantes das seis redes apoiadas pela fundação discutiram os avanços científicos e tecnológicos decorrentes do programa.

 

Técnica

Os pesquisadores do IBqM/UFRJ observaram que, por meio de pressão hidrostática, a estrutura do vírus pode ser modificada. Geralmente, o vírus causa infecção quando em contato com uma célula hospedeira modelo. Mas, depois de submetido a um sistema de alta pressão, ele se mostrou completamente inativado e, portanto, incapaz de infectar as células.

 

Fase de teste

Por meio dessa técnica, apesar da estrutura do vírus ser alterada, impedindo a infecção, ele não perde a capacidade imunogênica, ou seja, os camundongos vacinados com essas partículas inativadas produzem anticorpos contra ele e, portanto, não morrem quando em contato com o vírus infeccioso.

 

Empregos

O Governo do Rio de Janeiro divulga 823 oportunidades de emprego em todo o estado. Os salários podem chegar a R$ 4 mil, mais benefícios. Para deficientes existem 47 vagas, entre elas, 13 para Faxineiro, oito para Atendente de Lanchonete, sete para Vendedor e cinco para Repositor de Mercadorias.

 

Na região

São chances para ambos os sexos e exigem formação entre o ensino fundamental incompleto e o superior completo.No Médio Paraíba, são 67 vagas, sendo 46 para Auxiliar nos Serviços de Alimentação, cinco para Farmacêutico e duas para Técnico em Segurança no Trabalho.

 

Grande Rio

A capital tem 375 chances, com destaque para 137 de Operador de Telemarketing, 29 de Motorista de Ônibus, 24 de Atendente de Balconista e 20 de Técnico de Telecomunicações. A Região Metropolitana oferece dez vagas de Vendedor.

 

Outras regiões

Para a Região Serrana, são 24 vagas, com cinco para Alimentador de Linha de Produção, cinco para Carregador, três para Auxiliar de Escritório, duas para Auxiliar nos Serviços de Alimentação, entre outras. No Noroeste Fluminense, há uma vaga para Retalhador de Carne, uma para Trabalhador da Cultura de Cana-de-Açúcar e uma para Recepcionista.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document