sábado, 15 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Bolsonaros aderem a rede social considerada ‘de direita’

Bolsonaros aderem a rede social considerada ‘de direita’

Matéria publicada em 3 de julho de 2020, 08:21 horas

 


Rio – A família Bolsonaro e seus seguidores são o mais novo grupo da direita global a aderir ao Parler. A rede social criada em 2018 funciona de modo quase idêntico ao Twitter, mas com uma diferença importante: menos regulação de conteúdo ofensivo. A página inicial do Parler diz que a rede é imparcial e com conteúdo moderado com base na Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos e na Suprema Corte daquele país, “o que permite a liberdade de expressão sem violência e a ausência de censura”.

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) estreou sua conta anteontem e pediu que seus seguidores no Twitter migrem com ele para o Parler. “Siga-me no Parler! A rede social que tem como prioridade a liberdade de expressão!”, publicou o senador na conta do Twitter. Em março, o Twitter apagou um post do senador, um vídeo descontextualizado no qual o médico Drauzio Varella aconselhava que população não mudasse o estilo de vida por causa do novo coronavírus. O vídeo era de janeiro, quando ainda não havia casos de covid-19 no Brasil – o primeiro foi confirmado em 26 de fevereiro.

Além de Flávio, o escritor Olavo de Carvalho, o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também aderiram ao Parler nos últimos dias.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar
    Cidadão de Volta Redonda

    Deveriam aderir arduamente ao trabalho em benefício do Brasil. O povo tá de saco cheio de besteiras e inutilidades.

  2. Avatar

    Não se deve confundir a direita responsável com a DIREITA MILICIANA, que manda matar, que desvia verbas de gabinete para o próprio bolso, que destrói reputações através de robôs agindo nas redes sociais, disseminando mentiras. Espero poder viver o tempo necessário para ver a justiça feita, mandando para a cadeia toda essa familicia Bolsonaro, do mais velho até o mais novo.

Untitled Document