domingo, 19 de setembro de 2021 - 02:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Cerca de 270 mil famílias têm direito à Tarifa Social, mas ainda não o utilizam

Cerca de 270 mil famílias têm direito à Tarifa Social, mas ainda não o utilizam

Matéria publicada em 13 de janeiro de 2021, 14:29 horas

 


Descontos podem chegar até 65% na conta de luz

Cerca de 270 mil famílias têm direito ao benefício da tarifa social, mas ainda não o utilizam. – Foto: Arquivo.

Rio de Janeiro- A empresa Light possui atualmente 474 mil famílias cadastradas na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e estima que 270 mil famílias em sua área de concessão têm direito ao benefício, mas ainda não o utilizam. São famílias com renda per capita de até meio salário mínimo que podem pagar até 65% menos na conta de luz, ao fazer o cadastro na modalidade, mas que por desinformação ainda não tem direito ao desconto.

Para obter a Tarifa Social, é preciso entrar em contato com a Light (0800-282-0120 ou www.light.com.br) apresentando o *Número de Identificação Social (NIS), ou **Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), juntamente com documentação necessária, disponível no site da empresa (http://www.light.com.br/para-residencias/Sua-Conta/tarifa-social.aspx).

“A Tarifa Social pode fazer a diferença para essas famílias. Por isso, vale um alerta: é importante que estas pessoas entrem em contato com a Light para viabilizarmos o benefício para quem tem direito. Adequar o valor da conta de energia à realidade do orçamento familiar é importante.  Por isso, a Light realiza ações de sensibilização sobre o consumo consciente em associações de moradores, escolas, clinicas da família e em parceiros dentro dos territórios de comunidade. Neste sentido, a Tarifa Social é uma grande aliada para fazer com que o valor da conta caiba no orçamento destas pessoas”, explica Tâmara Motta, Coordenadora de Relacionamento Estratégico com Comunidades da Light.

*Pode ser adquirido em um dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

**Emitido em uma das agências do INSS.

Descontos variam de 10 a 65%:

  • Primeiros 30 kWh/mês consumidos = 65% de desconto
  • O consumo acima de 30 kWh até 100 kWh/mês = 40% de desconto
  • O consumo acima de 100 kWh até 220 kWh/mês = 10% de desconto
  • O consumo acima de 220 kWh = NÃO tem desconto

Fique atento

  • Para não perder o benefício, a família cadastrada deve sempre atender aos critérios estabelecidos por lei e manter atualizadas as informações referentes ao benefício junto ao CRAS.
  • O desconto na tarifa de energia só será concedido a uma única unidade consumidora por família beneficiária;
  • É permitida a migração do benefício de uma unidade para outra;
  • O cliente cadastrado tanto pelo NIS ou pelo BPC pode obter os descontos mesmo não sendo o titular da conta.

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document