quarta-feira, 21 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Cresce o número de famílias no Brasil que utilizam Canabidiol para doenças neurológicas

Cresce o número de famílias no Brasil que utilizam Canabidiol para doenças neurológicas

Matéria publicada em 13 de agosto de 2018, 18:32 horas

 


Empresa é especializada no comércio regular do produto


Rio –
Que os pais não medem esforços para ver a felicidade dos filhos nós sabemos disso. A luta para liberação do CBD (Canabidiol) no Brasil começou com a união das famílias, quando elas enxergaram que todo sofrimento e crises constantes de seus familiares poderiam ser amenizadas ou até mesmo chegar ao fim com o uso de produtos com CBD, que ainda sendo barreiras para muitos, para outros traria qualidade de vida e esperança.

Até que no início de 2015, a ANVISA reclassificou o CBD, anteriormente considerado uma substância proibida, para integrar a lista de medicamentos aprovados para uso terapêutico, mas sujeito a controle.
De acordo com Hélder Dário, diretor da Purodiol no Brasil, aproximadamente 500 famílias utilizam o medicamento no Brasil.
– PURODIOL, possui duas características que o tornam um produto único no Brasil: ativo farmacêutico (CBD de alta pureza) e produto final, ambos são fabricados em áreas farmacêuticas, considerando-se todas as Boas Práticas de Fabricação para um medicamento. Ou seja, os pacientes recebem um produto 100% natural e 100% farma – disse Hélder.
Ainda segundo ele, os pacientes estão obtendo resultados terapêuticos significativos em curto prazo e, a longo prazo, sustentabilidade na qualidade de vida. No caso de epilepsias resistentes a outros medicamentos sintéticos, o PURODIOL tem diminuído de forma drástica os eventos epilépticos e, em alguns casos específicos, chegou a zerar as crises.

– Nossa atuação, como empresa no Brasil, sempre foi de manter uma abordagem ética junto aos médicos e médicas, famílias e pacientes. Nós respeitamos muito a privacidade das famílias, e as dores que todos já viveram. Entretanto, temos relatos documentados de filhos e filhas que tinham 40, 50 ou mais crises epiléticas por dia, e passaram a ter uma por semana ou até completa remissão.

Leandro Beltrão, diretor da FarmaUsa, falou que agora vai ficar mais fácil para quem usa o medicamento, receber com rapidez e segurança o produto em casa.
– Estamos há 5 anos no mercado e agora com a exclusividade em toda América do Sul para importar o PURODIOL. Sabemos da importância para as famílias que precisam desse medicamento. Elas agora terão mais segurança na hora de comprar – comemorou Beltrão.
O CBD já possui o potencial comprovado, com maior ou menor número de estudos clínicos nos últimos 40 anos, para o tratamento de diversas patologias, tais como: epilepsia resistente, Parkinson, autismo, esquizofrenia, artrite, dores Neuropáticas, dores crônicas, obstrução pulmonar crônica, fibromialgia e hoje tendo sucesso também nos tratamentos de depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

O PURODIOL é um produto com as qualificações de um medicamento, possui CBD de alta pureza, isento de THC, dissolvido em óleo de milho grau farma e autorizado pela ANVISA para importação direta da Inglaterra pelo paciente no Brasil.
O cultivo da Cannabis é realizado em áreas produtivas próprias, controladas, orgânicas. O CDB é retirado do extrato bruto da Cannabis e totalmente isolado e purificado acima de 99,5%. Após a obtenção do CBD isolado, o ativo é enviado para uma indústria farmacêutica em Viena, na Áustria, com Certificação de Boas Práticas de Fabricação, onde o produto final é fabricado e submetido a um rígido controle de qualidade, volta à Inglaterra, novo controle de qualidade e aí sim, é exportado para o Brasil, Argentina e em breve para Chile, Uruguai, Colômbia e o resto do mundo.

O PURODIOL é administrado via oral, tem agradável sabor de óleo de milho, sua formulação promove uma eficiente e rápida absorção do CBD no organismo (4 vezes maior em comparação ao uso do CBD em pó).
É comercializado em duas versões, todas com frascos com 30 ml: PURODIOL 50 – 50mg CBD/ml e PURODIOL 200 – 200 mg CBD/ml . Junto aos produtos acompanham 05 (cinco) seringas dosadoras de 1 ml e folheto informativo em português. Os produtos são entregues na residência do paciente. Da Inglaterra para o Brasil: porta a porta.

Efeitos colaterais? Baixíssima intensidade em comparação aos efeitos dos medicamentos sintéticos.
O PURODIOL pode ser importado de acordo com as condições estabelecidas pela ANVISA, RDC 17, maio de 2015, atualizada pela RDC 128, dezembro 2016. Tudo dentro da legalidade seja para as famílias ou para o profissional da saúde.

A empresa mantém possui escritório no Brasil, um Call Center para total apoio ao consumidor e aos médicos e médicas, seja para fornecer informações sobre o produto seja para o consumidor final. Provemos também todo o suporte junto a ANVISA e nos processos de importação. Sem custos adicionais.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Iluminem, vigiem , filmem a praça dos inocentes

    Uso terapêutico , com receita do via oral.
    E não de cigarro…
    O que não dá é aquele bando de maconheiros na Vila, na praça dos inocentes, em frente a escola e cursinhos,com crianças ou seja , menores de idade, fumando maconha …
    Tem que clarear, policiar, filmar aquela praça, assim não dá…
    Ontem por volta de 18:20 , tinha um monte , fumando maconha, aquele cheiro horrível.
    Se é proibido, menor beber , fumar maconha também é…
    Fora o péssimo exemplo para as crianças, que estudam no entorno…
    Se continuar assim, vai ficar igual a Barra Mansa, que tem um bando de crackudo pela cidade e ninguém, faz nada…
    Lembrando que maconha é a porta de entrada para várias outras drogas.
    Tem pai que “deixa “o filho menor beber , não pode sendo menor, mesmo que o pai ” permita”.

Untitled Document